Ciências da natureza: questões práticas

Ciências da natureza: questões práticas

JAIRO MACEDO Especial para o Correio
postado em 08/10/2019 00:00
 (foto: Ed Alves/CB/D.A Press
)
(foto: Ed Alves/CB/D.A Press )

A prova de ciências da natureza do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi tema de live, na tarde de ontem (7), no Especial Enem do Correio. Professores do Colégio Sigma, Alceu Hayashi (química), Saulo Mandel (biologia) e Alvir Jr (física) resolveram o banco de questões desta edição e deram dicas para os candidatos, que enfrentam o exame em 3 e 10 de novembro.

Para Alvir, a expectativa é de uma prova cuja abordagem privilegie contextualização e aplicabilidade. ;É muito comum o candidato se sentir intimidado por um texto, uma tabela, uma figura que ele nunca viu;, observa. ;Mas a experiência mostra que o exame trabalha com situações-problema novas. Enem é isso: aplicar o conhecimento;, sintetiza ele, que recomenda ;coração aberto e preparo para informações pouco vistas;.

Em física, temas de mecânica, eletrodinâmica e energia são presença certa. ;Você sempre precisará das fórmulas básicas, como a fórmula da força resultante, cálculo de potência elétrica e de corrente elétrica, mas as provas vão ficando cada vez mais atualizadas à vida do jovem.;

Os 150 anos da tabela periódica, tema de matéria do Correio de ontem, também foram abordados na live. ;Ela tem uma participação muito grande não só em química, mas também em física, biologia e outras áreas;, garante Alvir. ;O conhecimento da estrutura é fundamental não só para saber as propriedades dos elementos, mas também para prever e entender os elementos à medida que eles são descobertos;, diz o professor de física, que lembra de atualização recente de elementos da tabela, catalogados oficialmente em 2017.

Hoje, os elementos conhecidos vão até o número 118, mas há indicações, segundo o docente, de que novos elementos cheguem em breve. ;Prever uma propriedade é muito importante, sobretudo numa área de pesquisa. Nós não temos ainda a oitava linha da tabela, mas o 119; elemento poderá vir a qualquer momento.;

Para biologia, Saulo Mandel recomenda atenção a dois temas que sempre caem. ;Em ecologia, que tem temas tão comentados, como mudanças climáticas e queimadas, o foco é em equilíbrio ambiental. Em genética, muita gente se confunde, pensando que são cobrados temas de biotecnologia e as leis de Mendel. Na verdade, o exame exige mais a genética clássica.;

Ciências humanas

Hoje, às 15h, haverá nova live, desta vez sobre ciências humanas. Os professores Paulo Macedo (geografia) e José Augusto (história) comentam e resolvem questões de edições antigas do Enem. Assista, ao vivo, no Facebook do Correio (www.facebook.com/correiobraziliense).


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação