Das pistas para as ruas

Das pistas para as ruas

Linha AMG da Mercedes coloca esportivos em jogo e prova que velocidade pulsa nas veias da marca. O teste de performance levou seis modelos ao Autódromo Capuava

» Erika Manhatys*
postado em 05/12/2019 00:00
 (foto: Fotos: Mercedes AMG/Divulgação)
(foto: Fotos: Mercedes AMG/Divulgação)


São Paulo ; O Mercedes-AMG Performance Tour, realizado na semana passada, em São Paulo, provou que a marca alemã é referência quando o assunto é esportividade. A pista do Autódromo Capuava, em Indaiatuba, foi o cenário das aceleradas espertas que os potentes motores imploram.

Seis carros do portfólio de superesportivos foram testados, partindo da linha de motorização 35 até o 63, com destaque para três lançamentos do ano. Foram colocados à prova: o AMG-A 35 4MATIC; o AMG-C 43 4MATIC Coupé; o AMG-CLS 53 4MATIC+; o AMG-E 53 4MATIC ; o AMG GT 63 S 4MATIC e o AMG GT C 63 Roadster. Além destes, o recém-lançado AMG GLC 63 4MATIC foi apresentado, mas não posto a teste.

Agressividade, excelente resposta às pisadas e elegância são as qualidades sine qua non da Mercedes-Benz. A novidade ficou a cargo de três estreias na terrinha tupiniquim. O modelo de entrada AMG-A 35; o SUV esportivo AMG GLC 63 e o ultraluxuoso e topo de linha AMG GT C 63 Roadster.


Egresso do kart

O modelo de entrada da linha de superesportivos da AMG parece ter sido construído para rasgar as pistas dos karts. Mais leve que os irmãos parrudos, o hatch entrega potência máxima de 306cv e até 400 Nm de torque. Ele acelera de 0 a 100km/h em 4,7 segundos e alcança velocidade máxima de 250km/h, limitada eletronicamente.

A transmissão de sete marchas conta com dupla embreagem AMG Speedshift DCT. O motor turbo dois litros é equipado com quatro cilindros que, colocados à prova, se mostram altamente eficientes. Com modos de condução AMG Dynamic Select partindo do Comfort ao Sport , o condutor tem experiências surpreendentes em um único volante.

O sistema de tração integral variável distribui até 50% da força dianteira às rodas traseiras, tudo isso controlado autonomamente pelo veículo. Opção inteligente que garante estabilidade ímpar ao pequeno valente. No teste, em velocidade média de 100km/h, o hatch manteve-se completamente aderido ao chão durante as curvas. O escapamento também é configurável e entrega desde um ronco nervoso até uma partida bem silenciosa de seu turbo.

Duas telas de 10,2 polegadas integram o painel, uma delas touchscreen flutuam sobre o acabamento black piano, junto às saídas de ar-condicionado bizona. Refino e elegância característicos da montadora. Equipado com sistema de comando de voz, MBUX, o condutor pode ter informações do carro e executar ações com o chamado ;Olá, Mercedes;.

O Mercedes-AMG A 35 4MATIC chegou ao mercado brasileiro em outubro com valores a partir de R$ 279.900.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação