Um desfecho digno de mestres

Um desfecho digno de mestres

Santos e Flamengo expõem duelo entre os badalados técnicos estrangeiros que dominaram a temporada no país. Peixe busca o vice-campeonato e a quebra da invencibilidade rubro-negra

postado em 08/12/2019 00:00
 (foto: Ivan Storti/Santos FC)
(foto: Ivan Storti/Santos FC)






O jogo contra o Flamengo, hoje, às 16h, na Vila Belmiro, não vai apenas encerrar as atividades do Santos em 2019. A partida diante do campeão nacional, válida pela última rodada do Campeonato Brasileiro, provavelmente será o encerramento de um ciclo rápido, porém marcante: o de Jorge Sampaoli como treinador da equipe alvinegra.

O argentino tem contrato com o Santos até o fim de 2020, mas os desentendimentos com a diretoria do clube têm sido frequentes e, por essa razão, a saída é dada como certa ; o Palmeiras é apontado como o provável próximo empregador de Sampaoli. Sob a batuta do ex-comandante da seleção argentina, o Santos jogou desde o início do ano um futebol ousado e agressivo, o que fez o técnico cair nas graças da torcida. Além disso, mesmo tendo à disposição um elenco pouco numeroso, o treinador conseguiu fazer a equipe chegar à última rodada do Brasileirão lutando pelo segundo lugar.

Basta ao Santos derrotar o Flamengo para ser vice-campeão ; empatada com o Palmeiras em pontos, a equipe da Vila Belmiro tem uma vitória a mais. Em caso de empate na Vila, os santistas terão de torcer para os palmeirenses não vencerem o Cruzeiro, em Belo Horizonte, no mesmo horário. Se o resultado diante do time rubro-negro for uma derrota, o vice-campeonato só será alvinegro se o rival também perder.

Sampaoli vai mandar a campo praticamente o que tem de melhor. Sem Luan Peres e Felipe Jonatan, que estão suspensos, o argentino deverá voltar a escalar o lateral-esquerdo Jorge, que ficou fora das quatro últimas partidas da equipe. O goleiro Everson e o meia Evandro têm problemas físicos e podem ficar fora do jogo diante do Flamengo.

Defendendo invencibilidade de 24 jogos no campeonato, Jorge Jesus usará o jogo como preparação para o Mundial. O que é uma excelente ideia, pois a equipe santista atua de maneira muito ofensiva e com bastante intensidade, características semelhantes às do Liverpool, provável adversário do Flamengo na decisão do torneio organizado pela Fifa.

O zagueiro espanhol Pablo Marí está recuperado de uma lesão no tornozelo direito e poderá voltar à equipe rubro-negra. Por outro lado, o treinador português não sabe se contará com Bruno Henrique, que sofreu uma lesão muscular leve na partida contra o Palmeiras, no último domingo. Vitinho pode assumir a vaga.

A partida contra o Santos pode ser a última de Gabriel como jogador do Flamengo em território nacional, justamente no estádio em que ele apareceu para o mundo do futebol. O empréstimo do goleador do Brasileirão, que ainda está vinculado à Inter de Milão, acabará ao fim da temporada e os dirigentes rubro-negros temem que ele volte para a Europa. A decisão só deverá sair depois do Mundial.





Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação