Alternativa de excelência na capital

Alternativa de excelência na capital

postado em 08/12/2019 00:00


;O Pódion está no mercado desde 2001 como preparatório para os vestibulares mais difíceis do país;, diz o diretor-geral do colégio, Ismael Júnior, 76 anos. Segundo ele, há bons resultados de alunos da escola em locais como o Instituto Militar de Engenharia (IME), o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e as Universidades de Brasília (UnB), Estadual de Campinas (Unicamp) e de São Paulo (USP).

;Em 2010, após a experiência bem-sucedida com o cursinho, o Pódion abriu as portas para os alunos do ensino médio que procuravam uma alternativa de excelência;, lembra Ismael. Em 2017, a empresa inaugurou uma unidade nova, com uma proposta de ensino diferenciada para os anos finais do ensino fundamental II.

O diretor explica que há uma carga horária estendida composta de aulas para a construção do conhecimento e aulas de aprofundamento e treinamento com resolução de questões dos exames como Enem, PAS/UnB, Fuvest/USP, Unicamp, ITA e IME, formando, assim, uma proposta de colégio-curso.

Já na área de desenvolvimento humano, o programa de Disciplina Consciente envolve iniciativas que fomentam a consolidação da ética e da honestidade como práticas sociais constantes. São feitas, por exemplo, provas sem fiscalização, fortalecendo um ambiente de estudos amigável e empático. Além disso, a instituição tem parceria com o Projeto Gauss, organização não governamental que concede bolsas de estudo e investe na educação de qualidade de jovens de escolas públicas para projetá-los às melhores universidades.

As expectativas são boas para o fim deste ano e o início de 2020. ;Além de esperarmos um excelente resultado de nossos estudantes neste fim de 2019, estamos terminando o ano praticamente sem vagas (para 2020);, orgulha-se.


O que desejava conquistar quando escolheu empreender?

Trazer um modelo inovador de educação de excelência que não estava disponível no mercado brasiliense.

Que desafios enfrenta nos negócios?

Manter o elevado padrão de qualidade conquistado e a motivação do corpo docente e discente, além de lidar com uma elevada carga tributária.

A qual tarefa o senhor dedica a maior parte do tempo na gestão?
Apresentar individualmente para cada família interessada em ingressar na escola a proposta pedagógica e o porquê de cada metodologia aplicada. Controlar a qualidade da atuação dos professores em sala de aula, assistindo esporadicamente às aulas.

Qual é o público-alvo do seu serviço e quais qualidades são valorizadas nos funcionários?

Famílias que priorizam uma educação de excelência, cujos filhos pretendem ingressar nas principais universidades do Brasil e do exterior. Valorizamos profissionais altamente qualificados, que estejam engajados com a proposta pedagógica da escola e que acreditem que a educação é uma ferramenta transformadora da sociedade.

Como manter o grupo motivado?
Com um acompanhamento individualizado para entender os desafios que enfrentam no cotidiano, bem como seus anseios profissionais e pessoais.

Como se prepara para evitar erros na operação?
Com a presença dos proprietários, bem como de todo corpo diretor no dia a dia da escola, com um acompanhamento nos mínimos detalhes.



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação