O relógio como problema

O relógio como problema

Everton Ribeiro elege fuso horário como primeiro inimigo do Flamengo no Catar. Elenco parte hoje rumo ao Oriente Médio

postado em 13/12/2019 00:00
 (foto: Carl de Souza/AFP

)
(foto: Carl de Souza/AFP )


Antes do embarque para o Catar, previsto para a tarde de hoje, o meia Everton Ribeiro admitiu preocupação com os efeitos do fuso horário diferente e pediu, ontem, que o Flamengo mantenha o foco na disputa da semifinal do Mundial de Clubes, sem pensar em um eventual confronto com o Liverpool na decisão.

;Temos que pensar primeiro na semifinal e, se passarmos nós e eles, aí sim vamos fazer uma grande preparação e um grande jogo;, pregou o jogador, em entrevista coletiva. O time carioca fará sua estreia no Mundial na terça que vem, contra o vencedor do duelo entre o saudita Al Hilal (Arábia Saudita) e Espérance (Tunísia).

;Não podemos facilitar na semifinal. O adversário também vai querer chegar na decisão, e o nosso pensamento está voltado para o jogo de terça. Depois, vencendo a semifinal é que vamos pensar na decisão;, reforçou Everton Ribeiro. Na outra chave, o Liverpool estreará quarta-feira contra Monterrey (México) ou Al-Sadd (Catar).

Após se despedir do Brasileirão no domingo, o elenco do Flamengo voltou aos trabalhos na quarta. Antes de embarcar para Doha, hoje, o time treinou ontem, o que se repetirá na manhã de hoje, antes da viagem. ;Na quarta-feira fizemos um treino bem forte, como não fazíamos faz tempo, por causa da sequência de jogos;, comentou o meia-atacante.

Ao desembarcar na capital do Catar, os jogadores e a comissão técnica do Flamengo enfrentarão uma diferença de seis horas de fuso. E isso preocupa Everton Ribeiro, principalmente em relação ao sono. ;Acredito que o fuso seja o mais complicado. Pode atrapalhar um pouco as horas de sono. Mas o clube está levando profissionais e uma ótima estrutura pra lá, e isso não deverá ser problema na nossa preparação;, disse o jogador.

Se Flamengo e Liverpool confirmarem o favoritismo em suas semifinais, os dois times vão se enfrentar no dia 21 para decidir o Mundial de Clubes.

Embarque
A sexta-feira promete ser mais um dia com milhares de flamenguistas pelas ruas do Rio. Pela manhã, o time fará o último treino em casa antes de viajar ao Catar, onde a equipe disputará o Mundial de Clubes a partir da próxima terça-feira. À tarde, a delegação embarca em voo fretado ao país do Oriente Médio. E, assim como aconteceu no mês passado, quando a delegação viajou para Lima para a final da Copa Libertadores, a expectativa é de muita festa dos torcedores nos arredores do centro de treinamentos do clube e no aeroporto do Galeão.

Para evitar os tumultos vistos naquele dia ; houve até uso de gás de pimenta ;, a Prefeitura do Rio e órgãos de segurança montaram um esquema especial. Vias próximas ao Ninho do Urubu, o CT do clube em Vargem Grande, na zona oeste do Rio, serão fechadas a partir das 9 horas, e somente ônibus que fazem as linhas da região e moradores poderão circular. Uma hora mais tarde será a vez de fechar os acessos à Ponte Velha do Galeão, na Ilha do Governador, nos dois sentidos. De acordo com o esquema previsto, a chegada e a saída deverão ser feitas exclusivamente pela Estrada do Galeão a partir desse horário.

A Guarda Municipal colocará 70 agentes exclusivamente para trabalharem no esquema montado. Além de atuarem no trajeto e em pontos próximos ao CT e ao aeroporto, haverá equipes também no entorno da sede social do clube, na Gávea, zona sul do Rio.

Em nota, o Flamengo agradeceu o apoio que tem recebido dos torcedores, mas pediu que ;os torcedores não se aglomerem nas imediações do Ninho do Urubu e do aeroporto do Galeão;. Segundo o clube, ;qualquer interferência nas vias poderá atrasar o deslocamento da delegação e a programação dos atletas, já que se trata de um dia útil;.

No mês passado, um forte esquema de segurança foi montado no dia seguinte à conquista da Libertadores, que fechou vias próximas ao aeroporto e impediu a aproximação de torcedores. Isso não evitou, contudo, que flamenguistas se aglomerassem ao redor de vias, em cima de viadutos ou mesmo fizessem uma carreata atrás dos ônibus que conduziram a delegação.



Thiago é reforço
Ontem, o Náutico confirmou a venda do atacante Thiago, de apenas 18 anos, ao time carioca, que ainda não oficializou o acerto. Thiago deve reforçar o elenco sub-20 no início da Taça Guanabara, o primeiro turno do Carioca. O Flamengo contará com seus principais jogadores somente no decorrer do torneio, porque as férias do elenco começarão atrasadas, em razão da disputa do Mundial de Clubes.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação