Tudo em casa!

Tudo em casa!

Após ficar conhecida por ter inspirado a protagonista de Minha mãe é uma peça, mãe de Paulo Gustavo estreia espetáculo musical ao lado do filho

Adriana Izel
postado em 13/12/2019 00:00
 (foto: Deca Produções/Divulgação)
(foto: Deca Produções/Divulgação)


Déa Lucia, 73 anos, poderia ter se tornado uma famosa cantora. Porém, as obrigações maternas a afastaram, pouco a pouco, da sonhada profissão. ;Dura, cheia de questões, solteira, tendo que criar minha irmã e eu. Ela se virava nos 30 para poder conseguir levar dinheiro para casa e a música foi o trabalho que ela teve durante muitos anos. Ela conseguia se divertir e ganhar dinheiro ao mesmo tempo, mas ela não conseguiu seguir completamente uma carreira de cantora;, lembra o ator Paulo Gustavo sobre a mãe que o inspirou a criar a personagem mais famosa do currículo, Dona Hermínia, protagonista de Minha mãe é uma peça, espetáculo que virou filme e se tornará série em 2020.

Querendo retribuir as privações da matriarca, Paulo Gustavo pensou e criou o espetáculo musical Filho da mãe, em que Déa, ao lado dele, sobe ao palco para apresentar canções do repertório que costuma cantar em shows. ;As pessoas gostam dela, todo mundo pergunta sobre ela e eu falei: ;Mãe, o que você acha da gente subir e fazer um show com o repertório que você cantou a vida toda, mas fazer para muita gente?; Eu tive essa ideia e acabou ficando um show lindo, uma homenagem a ela;, conta.

A peça tem rodado o Brasil em 2019 e está chegando a temporada final. Brasília recebe a montagem em apresentação única no domingo no Auditório Master do Centro de Convenções Ulysses Guimarães. Essa será a primeira vez que a cidade recebe o show. ;Me divirto muito viajando com a minha mãe, porque ela é hilária, divertida, irreverente, e o pessoal se diverte também. Todo show pinta uma coisa diferente, porque ela solta uma coisa;, diz o ator.

Mesmo assim, a apresentação acompanha um roteiro com uma lista de canções que Déa Lucia amava cantar, mesclada a faixas mais recentes. ;Em algum momento do show, a gente fala da nossa infância. A gente começa o show cantando Camisa amarela entrando de mãos dadas; adianta Paulo Gustavo.


Serviço
Filho da mãe
Centro de Convenções Ulysses Guimarães (Eixo Monumental). Domingo, às 16h (abertura dos portões). Espetáculo Filho da mãe com Paulo Gustavo e Déa Lucia. Direção musical de Zé Ricardo. Com participação dos músicos André Siqueira (percussão), Claudio Costa (guitarra), Marcelo Linhares (baixo), Mauricio Piassarollo (teclado) e Wallace Santos (bateria). Entrada a R$ 70 (setor superior), R$ 90 (setor especial), R$ 120 (setor VIP), R$ 150 (setor gold) e R$ 180 (setor premium). Valores de meia-entrada, válida para estudantes, idosos, professores, deficientes físicos, doadores de 1kg de alimento não perecível e clientes BRB. Não recomendado para menores de 14 anos.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação