Curtas

Curtas

postado em 13/12/2019 00:00
 (foto: Conbral/Divulgação)
(foto: Conbral/Divulgação)
; PROTESTO
ATO CONTRA O ESTUPRO


Um movimento feminista que toma as ruas do mundo inteiro chega hoje a Brasília. O protesto ;Um estuprador em seu caminho; foi criado pelo coletivo chileno Lastesis, após denúncias de abusos sexuais no país. No Distrito Federal, a manifestação será às 17h, na Praça do Três Poderes. Às 15h, ocorrerá um ensaio, no estacionamento do Superior Tribunal Federal (STF). Durante o movimento, participantes realizam uma intervenção por meio de danças, com olhos vendados e faixas pretas e cantam a música Un violador en tu camino, criada pelo coletivo chileno. A letra do hino feminista diz: ;A culpa não era minha, nem de onde estava, nem como me vestia. O estuprador é você;. E relata as diversas formas de violência contra a mulher. No DF, o protesto é organizado por integrantes de vários movimentos pela vida da mulher. ;No Chile, as feministas fizeram essa coreografia denunciando o Estado, como um dos violadores das mulheres. O ato se espalhou pelo mundo e, amanhã (hoje), é a vez de Brasília representar o movimento pela vida, contra a violência e contra o feminicídio;, afirmou Thamy Frisselli, integrante da Assembleia Popular pela Vida de Todas as Mulheres do DF e Entorno.





; LIDERANÇA EMPRESARIAL
CONBRAL É PREMIADA


A construtora brasiliense Conbral destacou-se na 9; edição do Prêmio Líderes do Brasil, que ocorreu em 9 de dezembro, em São Paulo (foto). Esta é a maior premiação empresarial do país, organizada pelo Grupo de Líderes Empresariais (Lide), que reúne executivos dos mais variados setores de atuação e reconhece lideranças em diversos setores, responsáveis por impulsionar a economia brasileira. Fundada em outubro de 1968, a Conbral é hoje a mais antiga construtora em atividade no Distrito Federal. O segredo da longevidade está em cinco pilares: planejamento, persistência, determinação, trabalho e boa gestão. Nessas cinco décadas de atuação, a Conbral construiu mais de 1 milhão de metros quadrados em Brasília, Goiânia, Anápolis, Itumbiara, Boa Vista (Roraima) e Manaus (Amazonas). O pioneirismo é lembrado com as primeiras obras do Guará 2, de Samambaia e Águas Claras.


; SOBRADINHO 2
FURTO EM DELEGACIA


Policiais militares apreenderam dois adolescentes, de 13 e 15 anos, suspeitos de furtar um veículo no pátio da 35; Delegacia de Polícia (Sobradinho 2). A dupla entrou na unidade e fugiu com o automóvel. De acordo com informações da PM, o veículo, um Fiat Uno, foi localizado na manhã de ontem, na mesma cidade. Os jovens foram apreendidos e encaminhados à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA). O caso está registrado como ato infracional análogo a furto de veículo.





; CHAMADAS FALSAS
MULTA PARA TROTES


Trotes para o Corpo de Bombeiros, a Defesa Civil, a Polícia Militar, a Polícia Civil e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) pode custar caro no Distrito Federal. Ontem, foi publicada no Diário Oficial do DF a Lei n; 6.418, que estabelece multa para quem fizer chamadas falsas para serviços telefônicos de emergência. O texto, de autoria do deputado Eduardo Pedrosa (PTC), permite a cobrança de até três salários mínimos para quem fizer os trotes. Além disso, o infrator terá de assistir a palestras educativas. Caso a ligação tenha sido feita por telefone público e não seja possível a identificação da pessoa, a lei estabelece que seja feito um registro para que possíveis ações preventivas sejam adotadas. Cerca de 7,5% das ligações recebidas pelo Samu são trotes. Este número chegou a 60% quando o serviço foi criado, em 2005.


; PARCERIA
ORQUIDÁRIO A CÉU ABERTO


A Embaixada da Itália fechou parceria ontem com o projeto Brasília Capital das Orquídeas, do Orquidário Brasília. A iniciativa pretende transformar a capital federal no maior orquidário a céu aberto do mundo. No total, foram plantadas 25 mil mudas pelo Distrito Federal. O projeto tem três vertentes: Turismo mais florido, com o fomento ao socioambiental; Educação mais florida, com foco na educação ambiental; e Saúde mais florida, que levará orquídeas para hospitais e institutos de saúde. A equipe plantou orquídeas em diversos lugares, como quadras do Plano Piloto, aeroporto e hospitais. Na Embaixada da Itália, foram plantadas 500 mudas da flor. ;O prédio da embaixada é muito visitado por turistas, pela arquitetura contemporânea e, agora, com a beleza das flores. Nós esperamos que essa iniciativa seja adotada por outras embaixadas;, destacou o embaixador Antonio Bernardini. Além disso, desde 2010, a Embaixada da Itália em Brasília promove o projeto Ambasciata Verde, que tem como o objetivo fomentar o uso de tecnologias sustentáveis para produção de energia e para reutilização das águas residuais. No teto do prédio, foi instalado um sistema fotovoltaico composto por 405 painéis. A energia produzida supre 50% da demanda energética total do edifício.




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação