A felicidade anda à solta

A felicidade anda à solta

postado em 13/12/2019 00:00
 (foto: AgenciaFebre/Divulgação)
(foto: AgenciaFebre/Divulgação)


Selecionada para a Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes, a comédia Finalmente livres aposta nas confusões geradas a partir de uma corrente de verdades ocultas e um amontoado de mentiras descobertas. Pio Marma; encabeça o elenco que conta ainda com as atrizes Audrey Tautou e Ad;le Haenel. Na trama, ele dá vida a Antoine, homem injustiçado pelo destino que o levou a passar oito anos preso por crime nunca cometido.

Um forte desvio de caráter do chefe de polícia Santi (Vincent Elbaz está refletido no caso de Antoine. Interpretando a viúva de Santi, Ad;le Haenel dá vitalidade a Yvonne que, como o marido, também é policial. No filme, conduzido por Pierre Salvadori, ela busca a forma correta de desmascarar o falecido e auxiliar no duro cotidiano de Antoine. Audrey Tautou (Amor eterno) completa o elenco, na pele de Agn;s, esposa do protagonista. Finalmente livres, vale a lembrança, foi um dos destaques do Festival Varlilux de Cinema Francês, com sessões em junho passado.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação