Número de empresas cresce no DF

Número de empresas cresce no DF

postado em 22/12/2019 00:00


No Distrito Federal, o setor é composto por 45 funerárias e seis cemitérios, todos administrados pela empresa Campo da Esperança. De acordo com o subsecretário da Subsecretaria de Assuntos Funerários (Suaf), José Carlos Medeiros, esse número diminuiu do ano passado para 2019. ;Eram 54 empresas em 2018, mas algumas cometeram faltas administrativas e tiverem seu termo de ajustamento de conduta cassado;, conta.

No entanto, Medeiros afirma que há a previsão de um novo edital de licitação ser lançado em janeiro, com a abertura de 51 outorgas para a prestação do serviço funerário por um período de 10 anos. De acordo com ele, o aumento se deve à projeção da mortalidade até 2030. ;A previsão para daqui a 10 anos é de 14.704 óbitos por ano no DF. Eu não poderia contratar somente 45 agora, sendo que vamos ter uma demanda maior por funerais daqui a 10 anos. O Estado tem que pensar no futuro;, reforça. Atualmente, morrem em média no Distrito Federal de 926 a 1.000 pessoas por mês.

Cerca de 20% dessas pessoas aderem ao sepultamento social, que é oferecido pelo Estado para aqueles que não têm condição de pagar pelo serviço. A renda desses cidadãos não pode ultrapassar meio salário mínimo (R$ 499) per capita. ;Até quem não tem condições de pagar se vira nos momentos finais para prestar uma última homenagem;, comenta Medeiros. (MEC)

Projeção


Evolução do número
de óbitos no Brasil

2015 1.231.400
2016 1.274.630
2017 1.277.579
2018 1.283.496

A projeção para 2019
e os próximos anos;

2019 1.368.954
2020 1.389.144
2021 1.410.602
2022 1.433.605

Fonte: Instituto Brasileiro de
Geografia e Estatística (IBGE)


Cinco mortos em
chacina no RJ

Cinco pessoas morreram e uma ficou ferida em uma chacina na madrugada de sábado, em São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos, no litoral fluminense. Segundo a Secretaria de Estado de Polícia Militar, agentes do 25; Batalhão da PM, em Cabo Frio, foram chamados à Travessa Eugênio de Moraes, no bairro Rua de Fogo, onde encontraram os corpos. A pessoa ferida foi levada pelo Corpo de Bombeiros ao Pronto Socorro Municipal, no bairro Morro dos Milagres. O caso foi registrado na 125; Delegacia de Polícia, que abriu inquérito para investigar a chacina. Agentes buscam informações sobre os autores do crime. Técnicos fizeram a perícia no local.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação