Federação irritada

Federação irritada

postado em 26/12/2019 00:00


Próximo do Atlético-MG, o técnico Rafael Dudamel ainda não oficializou seu desligamento da Federação Venezuelana de Futebol (FVF). Isso, contudo, está cada vez mais perto de acontecer. Tanto é que a presença dele é dispensável até no cartão de Natal. A Federação Venezuelana da Futebol desejou felicidades nas redes sociais com uma foto do time reunido. Quem está fora da imagem é justamente o treinador, que anunciará sua saída em janeiro.

;Nesta época tão especial, toda a família Vinotinto deseja um Feliz Natal aos venezuelanos que se encontram em nosso país e ao redor do mundo. Que não faltem paz, alegria, amor e, acima de todas as coisas, a união;, postou a FVF.

A saída de Dudamel não seria sentida por dirigentes locais. Ele não tem bom relacionamento com diretores da FVF. ;Ninguém está obrigado a ficar na FVF. Se não quer ficar, que saia. Temos uma fila de treinadores capacitados. Ninguém é insubstituível;, destacou Jesús Berardinelli, vice da Federação Venezuelana de Futebol, ao Superesportes.

Não há diálogo entre o técnico e a FVF para o projeto de classificação de forma inédita da seleção venezuelana para a Copa do Mundo. As eliminatórias começam em março. ;Não existe uma preparação específica. Os jogadores são liberados três dias antes pelos clubes para jogar a data Fifa. Não há tempo para preparação;, disse Berardinelli. ;Se ele sair, outro virá. E a lista é feita sempre pelos técnicos. A federação não se mete nisso;, afirmou. (TM)

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação