Atlético anuncia Dudamel

Atlético anuncia Dudamel

postado em 05/01/2020 00:00
O Atlético-MG, enfim, oficializou a contratação do técnico Rafael Dudamel. Na manhã de ontem, o clube mineiro anunciou em suas redes sociais a chegada do técnico venezuelano, que assinou contrato válido até o final de 2021.

Dudamel trará quatro membros para a comissão técnica: Marcos Mathías (auxiliar técnico), Joseph Cañas (preparador físico), Rodrigo Piñón (analista de desempenho) e Jeremías Álvarez (coach motivacional). Todos trabalhavam com ele na Venezuela. Ele será o 12; estrangeiro a treinar o clube mineiro.

O técnico de 46 anos estava livre para assinar com o Atlético desde a última quinta-feira, quando deixou oficialmente o comando da seleção venezuelana. Na ocasião, ele publicou uma carta em seu perfil no Twitter explicando os motivos de sua saída, e exaltando a sua passagem de quase quatro anos pela seleção de seu país, considerando também o trabalho nas categorias de base.

O ex-goleiro da seleção nacional se destacou como técnico da equipe sub-17 da Venezuela e, em seguida, conquistou um segundo lugar histórico no Mundial Sub-20 da Coreia do Sul em 2017. Paralelamente, ele assumiu como treinador da seleção principal em 1; de abril de 2016, pouco antes da Copa América Centenário, após a renúncia de Noel Sanvicente, em meio a uma atmosfera de crise.

Será a primeira experiência internacional de Dudamel como treinador. Antes de treinar a seleção venezuelana, ele comandou o Estudiantes de Mérida, clube no qual começou a sua carreira de técnico em 2010, e o Deportivo Lara.

O Atlético estava sem técnico desde que a diretoria optou por não continuar com Vagner Mancini, que chegou em outubro para substituir Rodrigo Santana. Mancini tinha contrato até dia 31 de dezembro e já estava ciente de que não continuaria em 2020. A ideia do clube era encontrar um treinador que soubesse lidar com jovens e tivesse ideias modernas de jogo.

Dudamel foi a segunda opção do Atlético. Antes dele, a diretoria conversou com o argentino Jorge Sampaoli, mas não houve acordo. O novo treinador vai reencontrar o meio-campista Romulo Otero, que vinha sendo convocado com frequência para atuar pela seleção ;Vinotinto;.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação