Brasil, um país radical

Brasil, um país radical

Ítalo Ferreira, atual campeão do mundo no surfe, e Rayssa Leal, a menina prodígio do skate street, são os finalistas brasileiros de melhor atleta de ação. Os vencedores serão conhecidos em 17 de fevereiro

postado em 16/01/2020 00:00
 (foto: Matt King/Getty Images/AFP - 20/12/19
)
(foto: Matt King/Getty Images/AFP - 20/12/19 )





O Brasil tem concorrentes ao Prêmio Laureus, considerado o Oscar do esporte, que será entregue no dia 17 de fevereiro, em Berlim, na Alemanha. Ítalo Ferreira, atual campeão do mundo no surfe, e Rayssa Leal, a Fadinha, vice-campeã mundial de skate street, de apenas 11 anos, estão entre os seis finalistas da categoria melhor atleta de ação na temporada passada.

Os dois foram escolhidos por um colegiado formado por mil participantes da mídia esportiva mundial e membros da Academia Laureus World Sports. Os concorrentes são a surfista havaiana Carissa Moore (tetracampeã mundial em 2019), a norte-americana Chloe Kim (campeã mundial de snowboard), o skatista norte-americano Nyjah Huston (tetra mundial de skate street em 2019) e o canadense Mark McMorris (campeão do X Games e vice-campeão mundial de snowboard).

No ano passado, em evento que aconteceu em Montecarlo, no Principado de Mônaco, os surfistas brasileiros Gabriel Medina e Maya Gabeira estavam concorrendo a melhor atleta de ação, mas foram derrotados pela norte-americana Chloe Kim.

Na categoria melhor atleta homem do ano, o craque argentino Lionel Messi mais uma vez está na disputa. O jogador do Barcelona concorre com o britânico Lewis Hamilton (hexacampeão mundial de Fórmula 1), o tenista espanhol Rafael Nadal, o também espanhol Marc Márquez (seis vezes campeão mundial de MotoGP), o maratonista queniano Eliud Kipchoge, primeiro atleta a correr uma maratona em menos de duas horas, e o astro norte-americano do golfe Tiger Woods.

Entre as mulheres, as concorrentes ao prêmio de melhor atleta do ano são a norte-americana Megan Rapinoe, melhor jogadora e artilheira do Mundial Feminino de futebol, a ginasta norte-americana multicampeã Simone Biles, as velocistas do atletismo Allyson Felix (norte-americana) e Shelly-Ann Fraser-Pryce (jamaicana), a tenista japonesa Naomi Osaka e a nadadora norte-americana Mikaela Shiffrin.

Na última sexta-feira, a Chapecoense foi novamente indicada ao Laureus. O clube catarinense vai concorrer ao novo Prêmio Momento Esportivo 2000-2020, que vai reunir na disputa os vencedores dessa categoria nos 20 anos da premiação. A equipe de Chapecó levou o prêmio em 2018.



Finalistas de outras categorias


Equipe do ano

; Seleção feminina de futebol dos Estados Unidos
; Liverpool
; Mercedes (Fórmula 1)
; Seleção masculina de rúgbi da África do Sul
; Toronto Raptors
; Seleção masculina de basquete da Espanha

Retorno do ano

; Andy Murray (tênis)
; Liverpool (futebol)
; Kawhi Leonard (basquete)
; Nathan Adrian (natação)
; Sophia Florsch (Fórmula 3 - automobilismo)
; Christian Lealiifano (rúgbi)

Revelação do ano
; Coco Gauff (tênis)
; Bianca Andreescu (tênis)
; Egan Bernal (ciclismo)
; Seleção masculina de rúgbi do Japão
; Andy Ruiz Jr. (boxe)
; Regan Smith (natação)

Atleta paralímpico
; Omara Durand (atletismo)
; Diede de Groot (tênis)
; Oksana Masters (esqui e paraciclismo)
; Jetze Plat (paraciclismo)
; Manuela Sch;r (atletismo)
; Alice Tai (natação)





Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação