Home office permanente

Home office permanente

postado em 24/05/2020 00:00
Com a experiência positiva de trabalho remoto durante o período de distanciamento social, a marca de produtos para pet Zee.Dog anunciou home office permanente para os colaboradores. A partir de agora, eles poderão decidir se vão para o escritório, no Rio de Janeiro ou em São Paulo, ou não. Antes da quarentena, a equipe já trabalhava na jornada de quatro dias úteis presenciais, como conta Thadeu Diz, diretor criativo e um dos fundadores da Zee.Dog.

;Com o tempo, percebemos que o time não só se adaptou (ao trabalho remoto), mas começou a incluir novos hábitos no dia a dia, como ler, meditar ou praticar uma atividade física no tempo que seria de deslocamento até o escritório ou, até mesmo, nos intervalos ;, relata. ;Consideramos que o resultado foi positivo, pois os colaboradores puderam destinar mais tempo para atividades que estavam sendo deixadas de lado ou sendo praticadas com menos dedicação;, acrescenta.

Ele explica que o escritório não deixará de existir, apenas de ser obrigatório. ;Quando tudo estiver mais tranquilo e for seguro voltar à rotina, a equipe poderá trabalhar onde preferir e ir à empresa quando quiser.; Thadeu conta, também, que a Zee.Dog está redesenhando o espaço físico do escritório para promover a integração entre os colaboradores que optarem por trabalhar presencialmente e os que preferirem ficar em casa.

;Todas as salas de reunião serão transformadas para essa experiência de aproximar mesmo quem estiver trabalhando remotamente;, explica. ;Temos algumas paredes brancas no escritório e queremos projetar a imagem das pessoas que estão trabalhando em home office, para que possamos perceber a presença delas e, assim, facilitar a comunicação.; A companhia tem lojas em Brasília e em vários estados.

Quanto aos aprendizados que a empresa adquiriu nesse período, o executivo comenta: ;Acredito que tudo o que estamos vivendo e as necessidades de rápidas adaptações vão nos deixar um legado em vários aspectos. Ideias que o mundo já queria implementar, mas não tivemos coragem de testar antes foram aceleradas;.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação