O futuro do trabalho remoto

O futuro do trabalho remoto

postado em 05/07/2020 00:00
 (foto: Robert Half/Divulgação)
(foto: Robert Half/Divulgação)


Pesquisa da Robert Half, empresa global de consultoria de recursos humanos, revela que 86% dos profissionais entrevistados querem trabalhar de casa mais vezes após o fim da quarentena. Ainda segundo o estudo, que ouviu mais de 800 pessoas, 67% perceberam que é possível executar as tarefas remotamente; 49% consideram que o equilíbrio entre vida profissional e pessoal melhorou sem o deslocamento para o trabalho; e 25% estão mais confortáveis com as tecnologias.

;No nosso entendimento, ainda é difícil afirmar como será o futuro do home office, mas a percepção é de que muitas empresas que não eram adeptas desse modelo de trabalho precisaram se adaptar e quebraram paradigmas sobre sua eficácia, com tendência a dar continuidade ao formato;, afirma Alexandre Mendonça, especialista em recrutamento da Robert Half. ;Aquelas empresas que já faziam, mas de forma tímida, devem ampliar essa possibilidade aos colaboradores;, completa.


"Ainda é difícil afirmar como será o futuro do home office, mas a percepção é de que muitas empresas que não eram adeptas desse modelo de trabalho precisaram se adaptar e quebraram paradigmas sobre sua eficácia, com tendência a dar continuidade;
Alexandre Mendonça, especialista em recrutamento


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação