Intoxicação alimentar na Jordânia resulta em um morto e 700 hospitalizados

Após análises foram encontradas bactérias na carne de um shawarma e o proprietário do restaurante foi detido

Agência France-Presse
postado em 29/07/2020 11:03
 (foto: Edílson Rodrigues/CB/D.A Press)
(foto: Edílson Rodrigues/CB/D.A Press)

Um menino de cinco anos morreu e 700 pessoas sofreram uma intoxicação alimentar na Jordânia após o consumo de shawarma em um restaurante, anunciou o ministério da Saúde.

"Um menino de cinco anos faleceu, vítima de uma importante intoxicação em um restaurante de Baqaa", perto de Amã, a capital, afirma o ministério em um comunicado.

Mais de 100 pessoas foram hospitalizadas na terça-feira, mas o número subiu para 700 na quarta-feira.

"Os testes de laboratório realizados por equipes especializadas da Agência de Controle de Medicamentos e de Produtos Alimentares mostram bactérias na carne, o que provocou a intoxicação", afirmou o comunicado.

O proprietário do restaurante foi detido, informou a imprensa local.

De acordo com a imprensa jordaniana, o restaurante reduziu o preço da shawarma de 1,85 para um dinar (1,4 dólar), o que provocou um grande fluxo de clientes.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação