NOGE

Casos da covid nas Américas atingiram quase 11,5 mi, com mais de 400 mil mortes

Os EUA e o Brasil continuam a ser os países mais afetados na região, mas outras nações também sofrem com uma tendência de aumento nos casos, como no Caribe

Agência Estado
postado em 18/08/2020 13:58 / atualizado em 18/08/2020 13:58
 (foto: Silvio Avila/AFP)
(foto: Silvio Avila/AFP)
Diretora da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), Carissa Etienne afirmou nesta terça-feira, 18, que o número de casos da covid-19 nas Américas atingiu quase 11,5 milhões, com mais de 400 mil mortes. Durante entrevista coletiva virtual, ela notou que a região "continua a concentrar o maior fardo" na pandemia, com 55% do total de casos registrados pelo mundo na última semana.
Etienne disse que os EUA e o Brasil continuam a ser os países mais afetados na região, mas outras nações também sofrem com uma tendência de aumento nos casos, como no Caribe. Por outro lado, algumas nações mostram menos casos, após picos da doença, afirmou ela. "Nós precisamos seguir vigilantes e manter o vírus sob controle", recomendou.
Em suas declarações iniciais, Etienne tratou do impacto da pandemia sobre a saúde mental das pessoas. "O apoio à saúde mental deve ser considerado item fundamental na resposta à pandemia", considerou.
 

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação