Trump deve anunciar autorização de tratamento com plasma por covid-19

A transfusão desse plasma, que contém anticorpos, visa permitir que os pacientes eliminem o vírus mais rapidamente e limitar os danos ao corpo

Agência France-Presse
postado em 23/08/2020 17:48
 (foto: Divulgação/Senado Federal)
(foto: Divulgação/Senado Federal)

Washington, Estados Unidos - O presidente Donald Trump deve anunciar neste domingo a autorização para transfundir com urgência plasma sanguíneo de pessoas curadas do coronavírus para pacientes hospitalizados, tratamento já amplamente utilizado nos Estados Unidos, indicaram diversos meios de comunicação americanos.

A transfusão desse plasma, que contém anticorpos, visa permitir que os pacientes eliminem o vírus mais rapidamente e limitar os danos ao corpo. Embora o tratamento já tenha dado resultados, sua eficácia ainda é debatida e há risco de efeitos colaterais e transmissão de agentes infecciosos.

"O plasma convalescente provavelmente funciona, embora isso deva ser confirmado por ensaios clínicos, mas não como um tratamento de emergência para pacientes gravemente enfermos", disse Len Horovitz, um residente do Hospital Lenox Hill em Nova York.

Segundo ele, seria mais eficaz se fosse administrado quando surgissem os primeiros sinais da doença, o que não ocorre hoje. Em um tuíte anunciando a entrevista coletiva do presidente na tarde deste domingo, a porta-voz de Donald Trump, Kayleigh McEnany, disse que o presidente comunicará um "avanço terapêutico".

A American Drug Agency (FDA) já autorizou a transfusão de plasma de pessoas recuperadas do coronavírus sob certas condições, como parte de testes clínicos ou para pacientes em circunstâncias graves. De acordo com o Washington Post, mais de 70.000 pacientes já receberam uma transfusão de plasma convalescente.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação