Diplomata Mustapha Adib é o novo primeiro-ministro do Líbano

A nomeação de Adib, de 48 anos, foi anunciada em um comunicado divulgado pela televisão estatal

Agência France-Presse
postado em 31/08/2020 08:48 / atualizado em 31/08/2020 08:49
A escolha do diplomata Mustapha Adib, de 48 anos, relativamente desconhecido, ocorreu um dia antes das consultas parlamentares começarem a nomear um novo premiê horas antes da visita do presidente da França Emmanuel Macron. -  (foto: WOLFGANG KUMM / DPA / AFP)
A escolha do diplomata Mustapha Adib, de 48 anos, relativamente desconhecido, ocorreu um dia antes das consultas parlamentares começarem a nomear um novo premiê horas antes da visita do presidente da França Emmanuel Macron. - (foto: WOLFGANG KUMM / DPA / AFP)

O embaixador do Líbano na Alemanha, Mustapha Adib, foi eleito primeiro-ministro depois de receber o maior número de votos nas consultas parlamentares organizadas pelo chefe de Estado, Michel Aoun, anunciou nesta segunda-feira a presidência libanesa.

A nomeação de Adib, de 48 anos, foi anunciada em um comunicado divulgado pela televisão estatal. O novo primeiro-ministro se reuniu em seguida com o presidente Aoun e o porta-voz do Parlamento, Nabih Berri.

Mustapha Adib se comprometeu a formar "em tempo recorde" um ministério de "especialistas competentes", para aplicar as "reformas" que os cidadãos aguardam há tanto tempo.

"A tarefa que aceitei se baseia no fato de que todas as forças políticas são conscientes da necessidade de formar um governo em tempo recorde e de começar a a aplicar as reformas, tomando como ponto de partida um acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI)", afirmou em um discurso exibido na televisão.

Após a devastadora explosão no porto de Beirute, em 4 de agosto, que provocou pelo menos 188 mortes, a comunidade internacional aumentou a pressão sobre os políticos libaneses para que adotem um programa ambicioso de reformas em um país que enfrenta uma profunda crise política, econômica e social.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação