OMS: Uso emergencial de vacinas contra covid-19 deve ser feito com seriedade

A cientista-chefe da OMS, Soumya Swaminathan, disse que, preferencialmente, a aprovação deste uso deve ser feita quando já houver um conjunto de dados completos sobre o tratamento

Agência Estado
postado em 31/08/2020 15:39 / atualizado em 31/08/2020 15:39
 (foto: Fabrice CoffrinI/AFP)
(foto: Fabrice CoffrinI/AFP)

A cientista-chefe da Organização Mundial da Saúde (OMS), Soumya Swaminathan, afirmou nesta segunda-feira (31/8), que o uso emergencial de vacinação contra o novo coronavírus deve ser feito com o máximo de precaução e de maneira refletida.

"A autorização para o uso de emergência é algo que precisa ser feito com muita seriedade e reflexão. Não é algo que deve ser realizado com muita frequência", apontou a cientista. Ainda assim, ela acrescentou que cabe a cada país essa decisão, já que as nações têm a autoridade e soberania para aprovar imunizações e terapias no próprio território.

Soumya disse que, preferencialmente, a aprovação deste uso deve ser feita quando já houver um conjunto de dados completos sobre o tratamento.

O diretor de emergências da entidade, Michael Ryan, declarou que se a fase 3 de testes clínicos de uma vacina - a última antes da aprovação - for feita de maneira muito rápida, é possível que nem todos os efeitos colaterais graves sejam detectados.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação