Alemanha

Merkel pede coragem aos alemães para enfrentar a pandemia de covid-19

A afirmação foi feita em um discurso neste sábado (3/10) por ocasião do 30º aniversário da reunificação nacional

Agência France-Presse
postado em 03/10/2020 15:18
 (crédito: Federico Gambarini / POOL / AFP)
(crédito: Federico Gambarini / POOL / AFP)

A chanceler alemã, Angela Merkel, pediu aos compatriotas que demonstrem a mesma "coragem" ante a pandemia do novo coronavírus que no momento da queda do regime da Alemanha Oriental, em um discurso neste sábado (3/10) por ocasião do 30º aniversário da reunificação nacional.

"Sabemos que hoje devemos ter a coragem de empreender novos caminhos devido à pandemia de covid-19", afirmou a chefe de Governo conservadora em Postdam, local das cerimônias.

"Foi necessária muita coragem para que as pessoas da ex-Alemanha Oriental saíssem às ruas, para que iniciassem a revolução pacífica em 1989", completou.

Antes, a chanceler e o presidente do Bundestag (Câmara dos Deputados), Wolfgang Schäuble, participaram em um evento ecumênico na igreja de São Pedro e São Paulo de Potsdam.

Apenas 130 foram autorizadas a entrar no templo religioso para respeitar as medidas de distanciamento social impostas pela pandemia de covid-19.

Menos de um ano depois da queda do Muro de Berlim, em 9 de novembro de 1989, a Alemanha recuperou a unidade nacional, há 30 anos. Desde então, a festa nacional alemã é celebrada em 3 de outubro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação