Manifestação

Manifestantes tomam a sede do governo do Quirguistão

O edifício sedia o Parlamento e a administração presidencial em Bishkek

Agência France-Presse
postado em 05/10/2020 20:54 / atualizado em 05/10/2020 21:17
 (crédito: VYACHESLAV OSELEDKO / AFP)
(crédito: VYACHESLAV OSELEDKO / AFP)

Manifestantes antigovernamentais que impugnam os resultados eleitorais no Quirguistão invadiram ao amanhecer de terça-feira (noite de segunda, 5, no Brasil), o edifício que sedia o Parlamento e a administração presidencial em Bishkek, reportaram vários meios de comunicação.

Fotos publicadas pelo serviço quirguiz da Rádio Free Europe mostram manifestantes caminhando pela sede principal do governo do Quirguistão. Outros veículos locais também reportaram a tomada do edifício.

Os manifestantes contrários ao governo teriam libertado da prisão o ex-presidente Almazbek Atambayev, informou à AFP um de seus defensores, o ativista Adil Turdukuov, que assegura ter presenciado a soltura.

Os ativistas cuparam as instalações do Comitê de Segurança Nacional, onde Atambayev estava preso, libertaram o ex-chefe de Estado "sem fazer uso da força, nem de armas" e sem enfrentar resistência dos guardas, disse Turdukuov.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação