Eleições

Pelosi condena Trump por encerrar diálogo e diz que Casa Branca está em desordem

Ao anunciar a decisão no Twitter, Trump acusou Pelosi de não negociar "de boa fé"

Agência France-Presse
postado em 06/10/2020 17:59
 (crédito: NICHOLAS KAMM / AFP)
(crédito: NICHOLAS KAMM / AFP)

A líder democrata, Nancy Pelosi, criticou Donald Trump e a "completa desordem" da Casa Branca nesta terça-feira (6), após o presidente republicano anunciar a suspensão dos diálogos de estímulo da economia, afirmando que o mandatário está "se colocando em primeiro lugar" às custas do país.

"Hoje, mais uma vez, o presidente Trump demonstrou sua verdadeira face: colocando-se em primeiro lugar às custas do país, com a total cumplicidade dos Membros do Congresso republicanos", disse a presidente da Câmara de Representantes, depois de Trump adiar as negociações sobre um novo plano de ajuda econômica até as eleições de 3 de novembro.

O governo Trump e o Congresso vinham negociando há mais de dois meses acordar um novo plano de estímulo para ajudar os americanos a lidarem com os efeitos da crise sanitária, mas as negociações estavam estagnadas sobre o montante.

Ao anunciar a decisão no Twitter, Trump acusou Pelosi de não negociar "de boa fé".

"Claramente, a Casa Branca está em total desordem", disse Pelosi, acrescentando que Trump está ignorando os alertas do Federal Reserve (Fed, banco central americano), de que um apoio mínimo resultaria em uma recuperação frágil, com privações desnecessárias para milhões de lares e negócios americanos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação