Narcotráfico

Brasileiro é condenado a prisão após entrar com 1 Kg de cocaína na Inglaterra

Jean Da Silva Oliveira, de 22 anos, foi condenado a quatro anos de prisão após ser preso no aeroporto de Heathrow com 1 kg de cocaína no estômago

Agência France-Presse
postado em 09/10/2020 11:01 / atualizado em 09/10/2020 11:02
 (crédito: Maurenilson Freire/CB/D.A Press; )
(crédito: Maurenilson Freire/CB/D.A Press; )

Um brasileiro que voou para Londres com mais de um quilo de cocaína de alta pureza no estômago foi condenado a quatro anos de prisão, informou a Polícia britânica nesta sexta-feira (9/10).

Jean Da Silva Oliveira, de 22 anos, levava 99 pacotes de cocaína quando chegou ao aeroporto de Heathrow em 5 de setembro, vindo de São Paulo.

A droga "totalizava 1,18 kg com uma pureza del 82%" e seu "valor nas ruas era de cerca de 100 mil libras" (130 mil dólares, 110 mil euros), afirmou a Polícia em comunicado.

Da Silva, que em 10 de setembro se declarou culpado de narcotráfico, "foi condenado a quatro anos de reclusão" na noite desta quinta-feira, afirmou.

O brasileiro foi detido no aeroporto após mostrar-se "incoerente" sobre os motivos de sua viagem, afirmando que iria passar "quase um mês no Reino Unido como parte de uma visita 'dos sonhos'".

Um exame de raio x revelou a presença da droga em seu organismo.

Outro brasileiro, Jhonatan Martins Kirchhoff, de 22 anos e residente no Reino Unido, foi condenado em setembro a cinco anos e quatro meses de prisão após chegar de São Paulo em Heathrow com cocaína escondida em suas malas pelo valor de 300 mil libras.

Martins, que trabalhava como barbeiro na cidade inglesa de Bournemouth, afirmou que recebeu 14 mil dólares em troca e que o fez pela falta de trabalho devido ao confinamento, que manteve salões de beleza e barbearias fechadas na Inglaterra desde o final de março até o início de julho.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação