Eleições nos EUA

Conheça e ouça a canção citada por Joe Biden no discurso da vitória

Canção cristã lançada pelo padre Michael Joncas, em 1977, confortou o presidente eleito dos EUA em suas tragédias familiares

Marcos Paulo Lima
postado em 08/11/2020 11:21
 (crédito: Jim Watson/AFP)
(crédito: Jim Watson/AFP)

Joseph Robinette "Joe" Biden Jr., presidente eleito dos Estados Unidos, encerrou o discurso da vitória na noite de sábado, em Wilmington, no estado de Delaware, citando trecho de um hino cristão que embalou os últimos dias da campanha dele pela corrida à Casa Branca e o marcou o adeus ao filho Beau Biden, que morreu de câncer no cérebro, em 2015. “Ele te levantará com as asas da águia, suportará o sopro do amanhecer, fará você brilhar como o sol, e o colocará na palma das mãos”.

A música citada pelo democrata chama-se On Eagle’s Wings (Nas Asas da Águia), a canção principal do disco de vinil com o mesmo nome, de 1977. O autor da linda música é o padre, teólogo e compositor Jan Michael Joncas, de 68 anos. Mestre em liturgia na Universidade de Notre Dame, ele e estudou no Pontifício Instituto Litúrgico de Roma e foi ordenado ao sacerdócio em 1980. Hoje, leciona na Universidade St. Thomas, em Minnesota.

A música faz parte da playlist de Joe Biden porque fortaleceu o presidente eleito em pelo menos dois momentos trágicos na biografia do sucessor de Donald Trump: as perdas da primeira esposa, Neilia Hunter, e da filha Naomi, de 18 meses, em 1972, após acidente de carro, em Delaware. Senador mais jovem da história ao ser empossado com 29 anos, ele quase deixou a política para cuidar dos filhos Beau e Hunter, mas foi convencido a seguir em frente.



Joe Biden foi empossado no hospital em que prestava em que acompanhava os filhos internados e continuou na vida pública até sofrer outra grande perda. Há três anos, o herdeiro Beau morreu de câncer no cérebro. Joe Biden usou a letra da canção como inspiração aos cidadão dos EUA para superarem o momento de dificuldade em meio à pandemia do novo coronavírus.

“Nos últimos dias de campanha, estive pensando em um hino que significa muito para mim e para minha família, principalmente meu falecido filho Beau. Ele resume a fé que me sustenta e que acredito sustentar a América.

Depois de recitar o refrão do hino, Joe Biden, que visitou o túmulo do filho Beau na última segunda-feira concluiu: “E agora, juntos — nas asas da águia — embarcamos na obra que Deus e a história nos chamaram a fazer”.

“Espero que isso possa dar algum conforto e consolo às mais de 230 mil famílias que perderam um ente querido devido a este terrível vírus neste ano. Meu coração está com cada um de vocês. Espero que este hino também lhe dê consolo”, afirmou Joe Biden antes de concluir o discurso da vitória.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação