Desastre

Sobe para 57 número de mortos por furacão Eta em Honduras

Cerca de 50.000 socorristas foram mobilizados para tentar salvar a vida de dezenas de milhares de pessoas isoladas no vale de Sula, nos arredores de San Pedo Sula, a segunda maior cidade do país

Agência France-Presse
postado em 09/11/2020 14:17
 (crédito: Orlando SIERRA / AFP)
(crédito: Orlando SIERRA / AFP)

Chega a 57 o número de vítimas fatais deixado em Honduras pela arrasadora passagem do furacão Eta, já rebaixado para tormenta tropical e que agora castiga a Flórida, no sudeste dos Estados Unidos - informaram autoridades locais nesta segunda-feira (9).

Na América Central, o Eta deixou mais de 200 mortos.

Em um relatório, a Comissão Permanente de Contingências (Copeco) de Honduras detalhou que a tempestade deixou 57 mortos, oito desaparecidos, 8.165 famílias desabrigadas e 41.945 pessoas resgatadas. Muitas delas foram retiradas dos telhados de casas submersas.

Cerca de 50.000 socorristas foram mobilizados para tentar salvar a vida de dezenas de milhares de pessoas isoladas no vale de Sula, nos arredores de San Pedo Sula, a segunda maior cidade do país, em meio ao transbordamento de rios caudalosos.

A Copeco informou ainda que, devido ao aumento no volume das águas dos rios e a desabamentos, 14.242 casas foram afetadas e, destas, 52 ficaram destruídas.

Os deslizamentos de terra também afetaram 113 estradas e 29 pontes, e 21 foram destruídas.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação