ESTADOS UNIDOS

Pastor que relacionou covid-19 a sexo antes do casamento morre da doença

Irvin Baxter Jr morreu na última terça-feira (3/11) vítima do novo coronavírus. O pastor americano, que fundou o Ministério do Fim dos Tempos, tinha 75 anos, era apresentador do programa 'End of the Age' e apoiador de Donald Trump

Correio Braziliense
postado em 09/11/2020 16:30 / atualizado em 09/11/2020 16:31
 (crédito: Divulgação/Endtime Ministries)
(crédito: Divulgação/Endtime Ministries)

Irvin Baxter Jr, pastor americano, que morreu pelas complicações causadas pela covid-19 na última terça-feira (3/11), causou polêmica ao vincular a doença a relações sexuais antes do casamento. O fundador do Ministério do Fim dos Tempos e apresentador do programa End of the Age chegou a ser hospitalizado, mas não resistiu.

Em março, o apresentador disse que a crise causada pelo novo coronavírus era um "chamado de Deus". "Este coronavírus pode ser um privilégio, e eu vou te dizer isso: há um julgamento bem maior chegando", disse em seu programa.

Em comunicado, o ministério do qual Baxter é fundador anunciou que pretende continuar com as atividades apesar de sua morte. O co-apresentador, Davi Robbins, vai assumir as funções de Irvin Baxter Jr.

"Sentiremos sua falta, mas ele está com Jesus", afirmou Robbins. "Toda a sua vida era sobre uma coisa, compartilhar a mensagem do Evangelho. Continuaremos em seu legado, compartilhando a mensagem e as boas novas", acrescentou.

Os EUA lideram a lista das nações com mais casos da doença. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o país soma mais de 10 milhões de casos e quase 238 mil mortes. O Texas, estado onde Baxter morreu, é o lugar com maior número de infectados (1.016.948) e soma mais de 19 mil óbitos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação