Eleições

Líder do partido republicano diz que Trump está '100% dentro de seus direitos' ao contestar eleição

Em seus primeiros comentários desde que Joe Biden atingiu o número de delegados necessários no Colégio Eleitoral para ganhar a presidência, McConnell se tornou o republicano de mais alto escalão a não reconhecer o democrata como presidente eleito

Agência Estado
postado em 09/11/2020 20:17
 (crédito: Samuel Corum / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP)
(crédito: Samuel Corum / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP)
O líder do Partido Republicano no Senado dos Estados Unidos, Mitch McConnell, apoiou nesta segunda-feira, 9, a relutância do presidente americano, Donald Trump, em reconhecer a derrota para o democrata Joe Biden na eleição presidencial. Na opinião do senador, o chefe da Casa Branca está "100% dentro de seus direitos" ao contestar na justiça o resultado eleitoral.
Em seus primeiros comentários desde que Joe Biden atingiu o número de delegados necessários no Colégio Eleitoral para ganhar a presidência, McConnell se tornou o republicano de mais alto escalão a não reconhecer o democrata como presidente eleito. Outro parlamentar que apoiou Trump foi o líder da minoria na Câmara dos Representantes, Kevin McCarthy.
"O presidente Trump está 100% dentro de seus direitos de investigar as alegações de irregularidades e pesar suas opções legais", disse McConnell no plenário do Senado. (FONTE: DOW JONES NEWSWIRES)
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação