ARGENTINA

Diego Maradona morre aos 60 anos

Ídolo argentino morreu em casa após sofrer uma parada cardiorrespiratória, segundo o jornal Clarín

Correio Braziliense
postado em 25/11/2020 13:26 / atualizado em 25/11/2020 13:30
Última aparição pública de Maradona foi em 30 de outubro, dia em que completou 60 anos -  (crédito: Alejandro Pagni/AFP)
Última aparição pública de Maradona foi em 30 de outubro, dia em que completou 60 anos - (crédito: Alejandro Pagni/AFP)

O ex-jogador e treinador argentino Diego Armando Maradona morreu nesta quarta-feira (25/11), aos 60 anos, após sofrer uma parada cardiorrespiratória. As informações são do jornal Clarín.

Segundo a publicação, Maradona morreu na casa em que estava, na cidade de Tigre, a norte de Buenos Aires. Ele se recuperava de uma cirurgia na cabeça.

O ídolo argentino foi internado no começo do mês. Sua última aparição pública foi em 30 de outubro, dia em que completou 60 anos. Na ocasião, ele compareceu à partida de estreia do Gimnasia e Esgrima La Plata, do qual era treinador, no campeonato argentino, mas deixou o logal após alguns minutos, com a ajuda de assistentes.

Considerado um dos maiores jogadores de futebol de todos os tempos, Maradona viveu o auge da carreira em 1986, quando levou a Argentina ao segundo título da Copa do Mundo. Em clubes, destacou-se no Boca Juniors, de Buenos Aires, e no Napoli, da Itália. O sucesso dentro das quatro linhas, porém, sempre dividiu espaço com as polêmicas fora de campo — sobretudo com o vício em drogas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE