Coronavírus

Rússia anuncia que Índia produzirá mais de 100 milhões de doses de sua vacina

A produção da vacina russa contra covid-19 na Índia deve começar no início de 2021. Na terça-feira a Rússia anunciou que a vacina Sputnik V tem eficácia de 95%

Agência France-Presse
postado em 27/11/2020 08:30
 (crédito: JUSTIN TALLIS / AFP)
(crédito: JUSTIN TALLIS / AFP)

O grupo farmacêutico indiano Hetero assinou um acordo com as autoridades russas para produzir mais de 100 milhões de doses anuais vacina contra a covid-19 Sputnik V, anunciou nesta sexta-feira o Fundo Soberano Russo (RDIF).

"Hetero, um dos principais fabricantes indianos de medicamentos genéricos, aceitou produzir na Índia mais de 100 milhões de doses por ano da Sputnik V", afirma em um comunicado o RDIF, um dos principais financiadores da vacina russa.

A produção deve começar no início de 2021.

De acordo com o comunicado, testes clínicos da vacina nas fases fase 2 e 3 acontecem atualmente na Índia.

"Graças a nossa cooperação com o grupo Hetero, poderemos aumentar de forma considerável a capacidade de produção e fornecer à população indiana uma solução eficaz neste período difícil da pandemia", afirmou o diretor do RDIF, Kirill Dmitriev.

O Fundo Soberano Russo anunciou que recebeu "encomendas" que superam 1,2 bilhão de doses da vacina Sputnik V por parte de "mais de 50 países". Além da Índia, a vacina também será produzida no Brasil, China e Coreia do Norte, segundo o RDIF.

Na terça-feira, a Rússia afirmou que a Sputnik V, desenvolvida pelo centro de pesquisas Gamaleya de Moscou, tem eficácia de 95%, um resultado equivalente às vacinas elaboradas pela aliança Pfizer/BioNTech e pelo laboratório americano Moderna.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE