COVID-19

EUA vacinará primeiro trabalhadores de saúde e moradores de casas de repouso

Estas duas categorias da população incluem cerca de 24 milhões de habitantes , ou seja, o número aproximado de pessoas que poderão ser vacinadas em dezembro, caso as vacinas sejam aprovadas

Agência France-Presse
postado em 01/12/2020 20:32
 (crédito: CHANDAN KHANNA / AFP)
(crédito: CHANDAN KHANNA / AFP)

Profissionais de saúde e residentes de casas de repouso deverão ser priorizados na primeira fase das vacinações contra a covid-19, decidiu um comitê consultivo dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC) nesta terça-feira (1º).

Estas duas categorias da população incluem cerca de 24 milhões de habitantes nos Estados Unidos, ou seja, o número aproximado de pessoas que poderão ser vacinadas em dezembro, caso as vacinas das farmacêuticas Pfizer/BioNTech e Moderna, em análise pela agência americana reguladora do setor de remédios e alimentos (FDA), forem aprovadas, o que deve acontecer até o fim deste mês.

Cada vacina será feita com a injeção de duas doses intervaladas em três a quatro semanas.

O governo de Donald Trump também recomendará uma ordem de prioridade e que não precisa necessariamente seguir as recomendações dos CDC.

Mas, apesar do risco de criar confusão no país, os 50 estados e territórios serão os responsáveis por definir a lista dos grupos prioritários em suas jurisdições, embora espera-se que sigam as recomendações das autoridades sanitárias.

As casas de repouso para idosos sofreram cerca de 100.000 mortes por covid-19, 40% das mortes durante a pandemia nos Estados Unidos. Três milhões de pessoas moram nesses estabelecimentos no país.

Estima-se que os Estados Unidos tenham 21 milhões de trabalhadores de saúde.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE