Pandemia

Novo foco de covid-19 na China provoca teste em massa de 250 mil pessoas

Autoridades de saúde locais disseram que o vírus foi detectado em alimentos, no entanto, a OMS afirma que, por enquanto, não há evidências de que as pessoas possam contrair covid-19 por meio da comida

Agência France-Presse
postado em 09/12/2020 09:04
 (crédito: STR / AFP)
(crédito: STR / AFP)

A China aplicou testes de detecção do novo coronavírus a cerca de 250 mil pessoas, depois que um pequeno número de casos foi detectado na cidade de Chengdu, no sul do país.

Um casal de idosos foi diagnosticado como caso confirmado na segunda-feira (7/12), e as autoridades estão rastreando seus contatos e analisando amostras de alimentos.

Autoridades de saúde locais disseram que o vírus foi detectado em alimentos armazenados em sua geladeira e em uma tábua de cortar dentro do departamento.

Até terça-feira, 255,2 mil moradores haviam sido submetidos a exames para covid-19, informou a comissão municipal de saúde. Seis casos foram confirmados, e há um paciente assintomático.

Escolas e jardins de infância do distrito de Pidu, onde surgiram os casos, foram fechados, de acordo com as autoridades locais. Professores e alunos foram colocados em quarentena e testados para o vírus.

Imagens na televisão estatal mostraram pessoas em um parque fazendo fila para os testes, realizados por profissionais de saúde vestidos com trajes de alta proteção.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que, por enquanto, não há evidências de que as pessoas possam contrair covid-19 por meio de alimentos, ou de embalagens.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE