EUA

Invasão do Capitólio é um "ataque sem precedentes", diz Bill Clinton

O ex-presidente culpou Trump por fomentar a violência

Agência France-Presse
postado em 06/01/2021 22:51
 (crédito: Samuel Corum / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP)
(crédito: Samuel Corum / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP)

O ex-presidente Bill Clinton denunciou os distúrbios em Washington desta quarta-feira por apoiadores de Donald Trump como um "ataque sem precedentes" ao Congresso dos Estados Unidos e à nação, e culpou o presidente em fim de mandato por fomentar a violência.

"Hoje enfrentamos um ataque sem precedentes ao nosso Capitólio, à nossa Constituição e ao nosso país", disse o democrata em um comunicado, acrescentando que o ataque foi alimentado por "quatro anos de política envenenada" e desinformação deliberada.

“O pavio foi aceso por Donald Trump e seus associados mais fervorosos, incluindo muitos no Congresso, para anular os resultados de uma eleição que ele perdeu”, enfatizou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE