ESTADOS UNIDOS

Pelosi consultou militares sobre precauções para conter 'presidente instável'

Deputada da Califórnia e presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos voltou a criticar a postura do presidente americano, Donald Trump, ao incitar protestos contra a certificação da vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais

Agência Estado
postado em 08/01/2021 15:23
 (crédito: ANDREW CABALLERO-REYNOLDS / AFP)
(crédito: ANDREW CABALLERO-REYNOLDS / AFP)
Em carta endereçada a congressistas democratas, a presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, informou que conversou com autoridades militares para discutir precauções a fim de evitar que um "presidente instável inicie hostilidades militares ou acesse códigos para ordenar um ataque nuclear".
A deputada da Califórnia voltou a criticar a postura do presidente americano, Donald Trump, ao incitar protestos contra a certificação da vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais, que terminaram em violência e na invasão da sede do legislativo na última quarta-feira.
"A situação desse presidente desequilibrado não poderia ser mais perigosa e precisamos fazer tudo o que está a nosso alcance para proteger o povo americano de sua agressão a nosso país e a nossa democracia", ressaltou Pelosi.
 

CONTINUE LENDO SOBRE