Pandemia

Idosa de 90 anos caminha 10 km na neve para receber vacina nos EUA

Fran Goldman precisou de inúmeras tentativas para conseguir marcar sua primeira dose da vacina contra o coronavírus

Agência France Presse
postado em 19/02/2021 13:06
 (crédito: David Ryder / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP)
(crédito: David Ryder / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP)

Com uma determinação inabalável, uma mulher de 90 anos desafiou o frio caminhando 10 km na neve para se vacinar contra a covid-19 em Seattle, no noroeste dos Estados Unidos, informou a imprensa local.

Fran Goldman precisou de inúmeras tentativas para conseguir marcar sua primeira dose da vacina contra o coronavírus. Quando conseguiu, no domingo passado, nem passou pela sua cabeça desistir de comparecer devido ao tempo ruim, contou ela ao jornal Seattle Times.

Apesar da neve forte que caía sobre a cidade, tornando impossível se deslocar de carro, a senhora Goldman calçou suas botas, agarrou seus bastões de trekking e não hesitou em caminhar, ida e volta, os 5 km que a separavam da clínica onde deveria receber a injeção.

"Não foi fácil, foi um desafio", disse Goldman ao jornal, acrescentando que fez uma cirurgia no quadril no ano passado.

"Caminhei muito lentamente", disse na quarta-feira ao programa Today.

Ela chegou com 5 minutos de atraso.

"Ela é verdadeiramente admirável e tem essa mentalidade que a impulsiona a não se deixar vencer pela adversidade", comentou sua filha, Ruth Goldman, ao Seattle Time

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE