Tecnologia

Casal de holandeses se muda para 1ª casa com estrutura totalmente impressa em 3D

Elize e Harrie viverão em uma habitação de 94 metros quadrados com o aluguel de 800 euros

Jonatas Martins*
postado em 30/04/2021 18:09
 (crédito: Judith Jockel/The Guardian)
(crédito: Judith Jockel/The Guardian)

Elize Lutz e Harrie Dekkers são os primeiros moradores europeus de uma casa totalmente feita por  impressão 3D. O casal de aposentados holandeses viverá em uma habitação de 94 metros quadrados de área útil no subúrbio da cidade de Eindhoven, Holanda. O aluguel da residência é de 800 euros, equivalente a aproximadamente R$ 5.200.

A casa tem o formato inspirado em uma rocha e faz parte do Projeto Milestone, desenvolvido pela empresa Weber Saint-Gobain em parceria com a Universidade de Tecnologia de Eindhoven e a corporação Vesteda. A expectativa é construir outras casas planejadas com a mesma tecnologia de impressão 3D com concreto.

O método de construção consiste em 24 elementos de concreto impressos camada por camada em uma gráfica especializada de Eindhoven. As estruturas são levadas para obra e colocadas sobre uma fundação.

Acabamentos e outros componentes são instalados depois disso. Pequenos erros podem ser notados nas paredes, parte deles acontece quando o máquina deve ser parada para o reparo e a troca de equipamentos da impressora.

Diversos projetos habitacionais foram erguidos com o auxílio de impressão 3D nos últimos anos, mas o novo lar de Elize e Harrie é considerado a primeira propriedade alugada onde as paredes de suporte foram feitas com a tecnologia.

Em nota, o CEO da Weber, Bas Huysmans, contou que a casa foi um importante passo para o desenvolvimento do método na construção de moradias. O projeto pode trazer mais rapidez, mais originalidade com designs personalizados e até mais economia por necessitar de menos concreto e de menos mão de obra dos construtores.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE