VIOLÊNCIA

Confronto por terras: homens armados matam 17 civis no centro da Nigéria

O conflito é um novo desafio para o país, que luta em diferentes frentes contra a insurgência jihadista no nordeste, grupos criminosos sequestradores no noroeste e a milícia separatista no sudeste

Agência France-Presse
postado em 03/05/2021 19:06
 (crédito: AFP / Issouf SANOGO)
(crédito: AFP / Issouf SANOGO)

Homens armados mataram 17 civis em dois ataques separados no estado de Benue (centro da Nigéria), informaram nesta segunda-feira (3/5) as autoridades, no último episódio da violência nesta região africana.

Supostos pastores fulani mataram 15 civis, a maioria agricultores, em um ataque lançado nesta segunda, e outros dois morreram no domingo, destacou Ken Achabo, ajudante do governador do estado.

A chefe de governo local de Gwer West, Grace Igbabon, registrou o mesmo balanço.

A área é afetada há anos por sangrentos confrontos entre pastores nômades e agricultores em disputa por problemas de terra, água e zonas de pastoreio.

Esse conflito é um novo desafio para o país, que luta em diferentes frentes contra a insurgência jihadista no nordeste, grupos criminosos sequestradores no noroeste e a milícia separatista no sudeste.

Na semana passada, sete pessoas morreram e nove ficaram feridas quando supostos pastores atacaram um acampamento de deslocados no estado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE