incêndio florestal

Bombeiros controlam fogo na Catalunha, mas risco permanece

Até o momento, este incêndio destruiu em torno de 200 hectares de terreno, tuitou o governo regional da Galícia

Agência France-Presse
postado em 13/08/2021 10:32 / atualizado em 13/08/2021 10:46
 (crédito: GABRIEL BOUYS / AFP)
(crédito: GABRIEL BOUYS / AFP)

Os bombeiros conseguiram controlar um incêndio florestal na Catalunha, no nordeste da Espanha, mas a persistência de altas temperaturas mantém a maior parte do país sob risco de incêndios.

Cerca de 100 bombeiros trabalharam durante a noite para controlar o incêndio na província de Tarragona, que obrigou a evacuação de cerca de 30 pessoas de um "camping" na quinta-feira (12/8) e destruiu pelo menos 75 hectares de floresta protegida, anunciaram bombeiros catalães no Twitter.

Onze caminhões-tanque, um helicóptero e dois aviões lançadores de água permanecem no local, nesta sexta (13/8), para tentar extinguir totalmente as chamas, acrescentaram.

No outro extremo da Espanha, dezenas de bombeiros combatiam um incêndio florestal deflagrado na noite de quinta-feira em Rubiá, na Galícia (noroeste), uma região que escapou da onda de calor iniciada ontem e que segue até segunda-feira (16/8).

Até o momento, este incêndio destruiu em torno de 200 hectares de terreno, tuitou o governo regional da Galícia.

A Agência Estatal de Meteorologia (AEMET) informou que quase todo país enfrenta, nesta sexta, um risco "alto", "muito alto", ou "extremo", de ocorrência de incêndios florestais, devido às altas temperaturas.

Apenas uma faixa da costa norte e partes da região de Valência (leste), na costa mediterrânea, têm risco "baixo", ou "moderado".

De acordo com a agência meteorológica, 15 das 17 comunidades autônomas espanholas se encontram em em alerta pelas altas temperaturas. Hoje, a previsão é que os termômetros atinjam máximas de 36ºC a 40ºC em grande parte do país.

As temperaturas podem chegar a 46ºC nas províncias de Sevilha, Córdoba e Jaén, no sudoeste da Andaluzia.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE