Catástrofe

Haiti: número de mortes por terremoto sobe para 724, diz Defesa Civil local

Pessoas no país caribenho correram para as ruas em busca de segurança e, em seguida, ajudaram a resgatar aqueles que estavam presos nos escombros de casas, hotéis e outras estruturas que desabaram

Agência Estado
postado em 15/08/2021 21:36
 (crédito: AFP/Olivier Laban-Mattei)
(crédito: AFP/Olivier Laban-Mattei)
O número de mortos no terremoto de magnitude 7,2 ocorrido neste sábado, 14, no Haiti subiu para 724 neste domingo, 15, com pelo menos 2,8 mil pessoas feridas e centenas de casas destruídas. Os dados atualizados do Gabinete de Defesa Civil seguem uma contagem anterior de 304 mortes. O diretor do escritório, Jerry Chandler, disse que as equipes de resgate continuam procurando por sobreviventes sob os escombros.
Pessoas no país caribenho correram para as ruas em busca de segurança e, em seguida, ajudaram a resgatar aqueles que estavam presos nos escombros de casas, hotéis e outras estruturas que desabaram.
O terremoto atingiu a parte sudoeste da nação mais pobre do continente, praticamente destruindo algumas cidades e causando deslizamentos de terra que afetaram os esforços de resgate em duas das comunidades mais afetadas. O desastre agravou o que já era uma situação difícil para os haitianos, que lutam contra a pandemia do coronavírus, o assassinato do presidente Jovenel Moïse e uma onda de violência de gangues.
O primeiro-ministro Ariel Henry informou que enviará ajuda para áreas onde cidades foram devastadas e hospitais lotados com o número de pacientes que chegam. Um ex-senador alugou um avião particular para levar os feridos de Les Cayes a Porto Príncipe para assistência médica. Fonte: Associated Press.
 

CONTINUE LENDO SOBRE