Suécia

Suécia suspende ajuda para o desenvolvimento do Afeganistão

Depois que os talibãs tomaram o poder, a Suécia interrompeu o pagamento da ajuda ao desenvolvimento ao Afeganistão

Agence France-Presse
postado em 27/08/2021 14:36 / atualizado em 27/08/2021 14:38

A Suécia interrompeu o pagamento da ajuda ao desenvolvimento do Afeganistão, depois que os talibãs tomaram o poder, anunciou nesta sexta-feira (27) a Agência Sueca de Desenvolvimento e a Cooperação Internacional.


"Não daremos novas ajudas, porque é um dinheiro que, de uma forma ou de outra, poderá chegar ao regime que vemos hoje", declarou à AFP Maria Lundberg, responsável do departamento dedicado ao Afeganistão na Agência Sueca de Desenvolvimento.


Das mais de 900 milhões de coronas suecas (104 milhões de dólares) que neste ano seriam entregues ao Afeganistão, não pagará nem metade, explicou.


"Temos que revisar a cooperação atual que temos com o Banco Mundial, que passa em parte pelo Estado afegão, para ver como se usa o dinheiro no sistema de saúde e de educação", afirmou Lundberg.


Uma parte deste dinheiro que não vai para o Afeganistão será destinado a "operações humanitárias" que ainda não foram detalhadas, afirmou.


Outros países, como Alemanha e Finlândia, também anunciaram que suspenderam a ajuda ao Afeganistão.

 

 
© Agence France-Presse

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE