Rússia

Rússia faz teste bem-sucedido de míssil hipersônico de submarino

Iniciados com o míssil Zircon em 2020, partindo de navios de superfície, estes testes preocupam países ocidentais, em especial os Estados Unidos

Agência France-Presse
postado em 04/10/2021 08:40 / atualizado em 04/10/2021 08:40
 (crédito: Handout / Russian Defence Ministry / AFP)
(crédito: Handout / Russian Defence Ministry / AFP)

A Rússia anunciou, nesta segunda-feira (4), o disparo de teste bem-sucedido do míssil de cruzeiro hipersônico Tsirkon (ou Zircon), do submarino nuclear Severodvinsk.

Esta arma de um novo tipo é considerada invencível por Moscou e tem preocupado os Estados Unidos.

"A frota russa testou, pela primeira vez, um míssil hipersônico Zircon do submarino nuclear Severodvinsk", informou o Ministério russo da Defesa em um comunicado, garantindo que "o disparo é um sucesso".

O míssil atingiu, como estava previsto, um alvo de exercício no Mar de Barents, ao norte da Rússia.

Iniciados com o míssil Zircon em 2020, partindo de navios de superfície, estes testes preocupam países ocidentais, em especial os Estados Unidos.

O disparo aconteceu no momento em que as negociações entre Moscou e Washington sobre "estabilidade estratégica" foram discretamente retomadas após o encontro em junho entre os presidentes Vladimir Putin e Joe Biden.

O tema do controle de armas é um ponto central destas negociações, cujo objetivo é reduzir as tensões nas relações bilaterais, agora degradadas, e deter uma corrida armamentista.

O míssil Zircon está entre as armas classificadas como "invencíveis" por Putin. Com autonomia de 1.000 km, está prevista sua integração aos navios de superfície e aos submarinos da frota russa.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE