Novas sanções

Correio Braziliense
postado em 21/03/2022 00:01

A Austrália prometeu o envio de mais armas e assistência humanitária a Kiev e ampliou as sanções contra a Rússia, proibindo imediatamente as exportações de alumina e bauxita. A proibição do comércio visa impactar a produção de alumínio na Rússia, que depende 20%
da alumina australiana.
A França, por sua vez, congelou cerca de
US$ 940 milhões em ativos de magnatas russos, segundo o ministro da Economia e Finanças, Bruno Le Maire.

CONTINUE LENDO SOBRE