Pedido de mais armas

Correio Braziliense
postado em 17/04/2022 00:01

Em nova mensagem de vídeo, o presidente ucraniano voltou a pedir mais armamentos ao Ocidente alegando que a medida pode "tornar a guerra muito mais curta" e evitar um possível uso de armas nucleares por parte da Rússia. O pedido também foi feito diretamente ao chefe do Estado-Maior do Exército dos Estados Unidos, Mark Milley, pelo colega ucraniano, Valery Zaluzhny. Em uma nota diplomática, os Estados Unidos e a Otan se posicionaram contra o envio de armas "mais sensíveis" à Ucrânia, ao assinalar que esses equipamentos militares colocariam "mais gasolina no fogo" e poderiam provocar "consequências imprevisíveis", informou ao jornal americano The Washington Post.

Tags

CONTINUE LENDO SOBRE