Rapidinhas

Correio Braziliense
postado em 11/05/2022 00:01

Novas fábricas deverão eliminar

falta de semicondutores

Se a covid-19 obrigou os laboratórios a acelerar o desenvolvimento de vacinas, o sumiço de chips no mercado fez com que a indústria de tecnologia tirasse do papel, em tempo recorde, novas fábricas de semicondutores. Até o ano que vem, ao menos 29 unidades serão inauguradas na Alemanha, na China e no Japão, o que deverá contribuir para a normalização do fornecimento para fabricantes de carros, smartphones e eletrodomésticos. O governo brasileiro também tem projetos na área. A ideia é lançar, em junho, o programa Brasil Semicondutores, que deverá criar uma série de estímulos para a atração de investimentos na área. Atualmente, o país fabrica apenas 10% do consumo nacional, fatia irrisória e que coloca em risco diversas cadeias produtivas. Na indústria automotiva, por exemplo, a falta de componentes foi a principal responsável pela queda de 13,6% na produção de veículos de janeiro a abril diante do primeiro quadrimestre de 2021.

Lucro da Via desaba e decepciona influenciadores financeiros

Até pouco tempo atrás, influenciadores financeiros diziam que investir na Via, antiga Via Varejo, representava uma aposta certeira para obter retorno rápido e expressivo. A empresa, afirmavam eles, tinha uma longa avenida de crescimento pela frente, com preço justo para a sua ação em torno de R$ 30. Pois bem. Em novo balanço, a Via viu seu lucro despencar 90% no primeiro trimestre ante o mesmo período de 2021. Agora seus papéis valem menos de R$ 3. Para variar, os influenciadores erraram feio.

Varejo surpreende com alta acima das previsões dos economistas

Uma trégua nos indicadores econômicos negativos: em março, as vendas no varejo cresceram 1% ante fevereiro, segundo o IBGE. O desempenho superou com boa margem as previsões feitas por consultorias e instituições financeiras, que esperavam uma alta de 0,4%. No acumulado de 12 meses até março, o setor avançou 1,9%. Segundo economistas, o resultado surpreende pelo fato de ter sido alcançando em um quadro inflacionário adverso e com alto nível de endividamento das famílias.

Programa da Bayer reduz emissão de CO² em lavouras de loja

As práticas sustentáveis do agronegócio começam a trazer frutos para o meio ambiente. Os agricultores participantes do programa Pró-Carbono, iniciativa realizada pela Bayer em parceria com a Embrapa, emitiram 783 quilos de CO² equivalente por tonelada na safra 2021/2022 de soja. Segundo a Bayer, o número representa uma redução de 80% se comparado à média das principais bases de dados internacionais. O projeto está presente em 650 municípios de 16 estados brasileiros.

A espanhola Siemens Gamesa começou a instalar no complexo Tucano, na Bahia, as turbinas eólicas mais potentes (6,2 megawatts) do Brasil. O complexo pertence à AES Brasil e, em sua primeira etapa, contará com 52 turbinas fornecidas pela Siemens Gamesa. Segundo as empresas, o parque eólico começará a operar no segundo semestre.

A Binance, maior bolsa de criptomoedas do mundo, fechou um acordo com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para patrocinar o Brasileirão masculino e as três principais divisões do futebol feminino do país. O valor do acordo, que terá validade por três anos e com possibilidade de renovação por outros três, não foi revelado.

A Fundação Estudar e a Fundação Lemann, criadas pelo empresário Jorge Paulo Lemann, lançaram um curso preparatório para pós-graduações no exterior. As aulas são virtuais e gratuitas e destinam-se a jovens pretos, pardos e de baixa renda. Lemann é sócio do 3G, fundo controlador de empresas como AB InBev, Kraft Heinz e Burger King.

O aumento do custo do frete marítimo alimenta a inflação global. Antes do coronavírus, o preço por contêiner era de aproximadamente US$ 3 mil. Em março de 2022, chegou a US$ 8,1 mil. Nesta semana, está em US$ 8,9 mil, e não há sinais de estabilização no horizonte. Ao contrário: novas altas estão por vir.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE