Terracap com foco no desenvolvimento

''Continuamos a cuidar da venda de lotes públicos, claro, mas agregamos às nossas atribuições a regularização de terrenos, a projeção de novos bairros, a doação de terrenos ao GDF, a implantação de programas sociais de habitação destinados à população de baixa renda e, hoje, principalmente, o investimento em obras de infraestrutura por todo o DF''

IZIDIO SANTOS JUNIOR - Presidente da Terracap
postado em 17/08/2020 04:00

Muito além de companhia imobiliária, a Terracap é empresa pública de fomento ao desenvolvimento da cidade. Criada há 47 anos para gerir as terras públicas do DF, a companhia é hoje multifacetada. Continuamos a cuidar da venda de lotes públicos, claro, mas agregamos às nossas atribuições a regularização de terrenos, a projeção de novos bairros, a doação de terrenos ao GDF, a implantação de programas sociais de habitação destinados à população de baixa renda e, hoje, principalmente, o investimento em obras de infraestrutura por todo o DF.

Paralelamente a tudo isso, criamos em 2017 o Parque Tecnológico de Brasília %u2014 Biotic para se tornar o principal polo de desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação do Distrito Federal. A Biotic S.A é subsidiária integral da Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal %u2014 Terracap.
A pandemia causada pelo novo coronavírus em 2020 nos trouxe cenário peculiar. Mesmo com as limitações em tempos de crise sanitária, não paramos. Ampliamos o atendimento on-line, implementamos ferramentas remotas, inovamos em licitações drive-thru e em leilões com lances via internet.

Nas ruas, os brasilienses podem ver a Terracap por meio das obras. São inúmeras melhorias por todo o DF. Os investimentos somam R$ 552 milhões. É a nossa devolução para a sociedade dos lucros que auferimos nas vendas dos terrenos. Agora mesmo, estamos levando infraestrutura para Vicente Pires e, também, para o Riacho Fundo II.

Temos as obras da saída norte e as de complementação da W9, no Noroeste. Antiga reivindicação dos moradores da região, permitirá não somente a melhoria do trânsito no local, mas também o acesso facilitado à maior parte dos empreendimentos da área, incentivando o comércio local.

Os recursos que a Terracap repassa ao GDF também são utilizados para a construção de escolas públicas, praças, quadras desportivas e outros equipamentos públicos que beneficiam diretamente o cidadão brasiliense, bem como em obras de drenagem, pavimentação, esgoto, iluminação. A via estrutural é claro exemplo. Receberá pavimento de concreto rígido para as seis faixas, com durabilidade maior, com 20 anos de resistência, reduzindo custos com manutenção. São R$ 38 milhões de investimentos no projeto. A revitalização urbanística de 11 quadras da Avenida W3 Sul também contará com recursos da Agência: R$ 18 milhões.

Sabemos que a construção civil é o setor que, por característica própria, tem condições de emergir de uma crise mais rapidamente, podendo gerar empregos diretos e indiretos de forma muito célere. Assim, ações específicas para o setor beneficiam todo o DF porque fazem a cadeia produtiva girar. É mais uma vez a Terracap fomentando o desenvolvimento.

O mesmo desenvolvimento se faz com a estruturação de novos negócios. É mister que se busque gestão mais eficiente dos equipamentos públicos. Para isso, mundialmente, são feitas as parcerias com a iniciativa privada, que geram claro impacto positivo para a economia local. Exemplo recente é o contrato de concessão assinado do ArenaPlex %u2014 que abrange o Estádio Nacional Mané Garrincha, o Ginásio Nilson Nelson e o Complexo Aquático Cláudio Coutinho. Ainda poderia citar tantos outros, como a nova proposta do Pontão do Lago Sul, a Avenida das Cidades e o centro comercial no Noroeste.

Ainda encerramos o mês de julho entregando a regulamentação do Desenvolve-DF, novo programa de incentivo econômico que traz solução para cerca de 3 mil empresas com pendências na Terracap e no GDF em programas anteriores, como o Pró-DF I e II.

Tudo isso é feito em total sinergia com o governo local. O diálogo contínuo e transparente com o Executivo tornou-se ainda mais importante neste momento e permitiu que a empresa continuasse trabalhando, mantendo as condições de segurança e saúde para seus empregados e clientes.

Bem. A covid-19 está aí. É incontestável. Ainda que o negacionismo nos alcance e queiramos que tudo isso não seja mais verdade "é doído, mexeu com a realidade do povo, o cotidiano, as relações sociais, os sonhos, os projetos, a situação financeira de muitos", é necessário encarar o novo normal e buscar soluções que não nos paralisem. Essa é a nova máxima da Terracap. Assim como o do GDF: não parar. Parabéns pelos 47 anos, Terracap.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação