Sr. Redator

Correio Braziliense
postado em 17/10/2020 23:35

Consciência

Estou orgulhosa. Depois de longo confinamento, precisei sair de casa na sexta e no sábado. Estranhei a quantidade de carros nas ruas. Parecia que estávamos em plena normalidade, distantes da pandemia, que obrigou a população a dar cambalhotas na própria vida. Mas, prestando atenção aos motoristas e passageiros, observei que todos usavam máscaras. Na Rodoviária, com muita gente indo e vindo, o mesmo cuidado. Procurei exceção, mas não encontrei. O mesmo ocorreu no Setor Hospitalar Sul, para onde me dirigia. Brasília, que já deu tantos exemplos de cidadania, dá mais um. A máscara se soma à faixa de pedestres, que todos nós respeitamos.
» Diva Castro,
Asa Norte

Eleições

Em novembro, os brasileiros vão às urnas. Elegerão prefeitos e vereadores. É baita responsabilidade. Ninguém mora no estado ou na União. Mora no município. É das autoridades que serão escolhidas, daqui a poucos dias que devem cobrar resposta para tapar o buraco da rua ou melhorar a qualidade do ensino básico. Nunca fica tão clara a afirmação de que voto não tem preço. Tem consequências.
» João Rafael,
Lago Sul

Trump

Sempre achei os Estados Unidos Terceiro Mundo. A maior prova é a desigualdade social, que envergonha a maior potência do planeta. Mas a realidade ficou patente com a eleição de Donald Trump. O morador da Casa Branca se comporta como adolescente no trato da pandemia, desmoraliza as instituições internacionais e, agora, ensaia contestar o resultado das eleições. Se perder, vai bater pé, recorrerá à Suprema Corte (com maioria republicana) e jogará lama naquela que era considerada a maior democracia do mundo.
» Teresa Paulina,
Guará

W3 Sul

A Avenida W3 Sul está fechada desde 11 de junho do corrente ano, nos domingos e feriados, para realização de atividades recreativas. Sr. Ibaneis, com o todo respeito à sua administração, afirmo que a decisão foi um tiro no pé, falha gritante de sua assessoria, que não ouviu os moradores da região. Citarei um exemplo prejudicial entre inúmeros outros: um cidadão se desloca de uma cidade do Distrito Federal para ir ao Setor Hospitalar Sul (716). Com a avenida fechada, tem de estacionar na W/2 ou na W/4, transtorno geral. Não só. Se o transporte for de ônibus, pior ainda, situação inenarrável. Têm o Eixão logo abaixo e o Parque da Cidade, um dos maiores do Brasil, vizinho pela direita. Não há necessidade do fechamento desse patrimônio tombado para lazer. Governo atuante como o seu deveria se preocupar com o lazer dos menos abastados. Não se justifica a intervenção na morfologia urbana. Com a palavra, o digníssimo governador.
» Saulo Siqueira,
Asa Norte

IPTU

A Secretaria de Fazenda do DF aumentou o IPTU de vários imóveis sem nenhuma explicação ou motivo. O pior é que o atendimento é péssimo, tanto presencial como na internet, e o órgão ainda impôs um prazo no período de pandemia para que contestássemos os lançamentos. Num caso específico, uma casa na 711 Sul teve majorado o IPTU em 150%, pois ampliaram a área cobrada sem comprovação e sem nova edificação. Muitas decisões são arbitrárias e injustas. O pior é a burocracia e o desgaste para consertar os erros do desgoverno. Será que o MP e a Câmara Legislativa sabem do ocorrido? O GDF fez readequação da área construída, em especial nas quadras 700 da Asa Sul, mas cometeu várias injustiças e ilegalidades. Áreas cobertas não edificadas nos telhados foram tributadas. Creio que seria justo apenas tributar as efetivamente edificadas e fechadas. As cercadas, em especial das casas de esquina, não foram tributadas. O GDF deveria, ao menos, fazer a verificação in loco. A dificuldade em recorrer é enorme, sobretudo, durante a crise sanitária, quando o que funcionava mal agora oficialmente é que não funciona mesmo. Quando matar a classe média, quero ver de onde o GDF vai tirar dinheiro para gastar R$ 500 milhões na dispensável Câmara Legislativa e no tribunal que não fiscaliza nem apura nada. Vamos governar de fato, Ibaneis? Cortar despesas e mordomias e colocar a pesada e caríssima máquina do GDF para funcionar?
» Elio Campos,
Asa Sul

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação