>> Sr. Redator

Cartas ao Sr. Redator devem ter no máximo 10 linhas e incluir nome e endereço completo, fotocópia de identidade e telefone para contato. E-mail: sredat.df@dabr.com.br

Correio Braziliense
postado em 16/01/2021 20:23

Porque vacinar

Deve começar em poucos dias a imunização dos brasileiros contra a covid-19. O Brasil possui um programa de vacinação admirável, mas por falta de recursos e prioridade não produziu vacina contra a doença. Ficamos atrás dos parceiros do Brics, Índia, Rússia e China, que produziram as suas. As vacinas CoronaVac, produzida pela empresa Sinovac com o Butantan, e a da Universidade de Oxford, com o laboratório AstraZênica e a Fiocruz, deverão estar à disposição dos brasileiros nos próximos dias. É preciso esclarecer que as duas têm insumos feitos na China e a da Oxford é produzida na Índia. São vacinas seguras. É terrível ver o desespero da população do Amazonas, onde centenas morrem sem UTIs, respiradouros e oxigênio. Esta é a maior ameaça da covid-19: sobrecarregar as UTIs e levar ao colapso o sistema de saúde. É dessa situação que a vacina vai nos proteger, com 100% de segurança. O mais importante é isso: livrar as pessoas de doença grave, que exige UTI, entubação e respiradouro. Não importa se as vacinas têm um índice de proteção global contra a doença de 50,4% ou 70%. É como a gripe, quem tomou a vacina pode ter uma gripe leve, mas está protegida contra o H1N1. A vacina vai proteger a todos contra complicações da covid-19, com ênfase à maioria da população, que mora em casas pequenas e tem de tomar o transporte coletivo.
» Ricardo Pires,
Asa Sul


Repulsa

A ciência ensina que os corpos celestes se mantêm longe, uns dos outros, graças à força gravitacional da atração mútua. Ainda que incipiente em física, veio-me a ideia de que seria o contrário: a força de repulsão é a responsável por esse fenômeno. Por isso, a Lua não cai sobre a terra e os planetas sobre o Sol. Inevitável a pergunta: Por que o planeta Terra não consegue expelir o ser humano que teima em destruí-la? O problema é moral. Conhecendo seu espírito destruidor, nenhum planeta o vai querer por lá. Com força maior de repulsão, não permitem que sejam expelidos da Terra.
» Elizio Nilo Caliman,
Lago Norte,


Afastamento

A postura do presidente Jair Bolsonaro tem sido esdrúxula, desastrosa e insensata, desde o início da crise do coronavírus. Colocando-se em posição contrária ao que recomendam a Organização Mundial da Saúde (OMS), os profissionais da saúde e a comunidade científica. O presidente da República assumiu um discurso irresponsável, que coloca em risco toda uma população. É importante, porém, destacar que a postura do presidente não é uma novidade em seu comportamento. Mas, a se considerar o padrão de comportamento do presidente, que muda de discurso com uma facilidade tamanha, sobretudo sob a influência do chamado “gabinete do ódio”, formado por seus filhos e pelas alas mais radicais do governo. Devemos estar atentos e manter o ceticismo em relação a um convencimento real do presidente quanto à gravidade da crise atual. É provável que, ainda matizando o discurso, ele continuará instigando as críticas e fazendo o enfrentamento aos governadores e fazendo rodeios com a saúde da população. Diante disso, o mito (se ainda é?) provoca o seu afastamento dos 57,7 milhões de eleitores. Em suma, sua preocupação está direcionada para o cenário eleitoral de 2022.
» Renato Mendes Prestes,
Águas Claras


Estapafúrdia

Política se faz com ideias criativas, manifestações coerentes e outras tantas qualidades esperadas de um respeitado representante do povo.Não foi o que depreendi da mensagem do deputado Marcelo Freixo (PSol-RJ) no Correio — Só Papos (15/1). Resumindo, disse ele que as mortes em Manaus por falta de oxigênio são consequências de crimes premeditados por Bolsonaro! Nunca vi uma declaração tão estapafúrdia como essa! Desculpem-me os leitores, mas, “imbecil” ainda é pouco para qualificá-la. Aonde quer chegar Marcelo Freixo com essa afirmação? Seus eleitores certamente não concordarão com ele, e os votos que pretende tirar de Bolsonaro, vão ter outro destino.
» José de Mattos Souza,
Lago Sul


Poesia

Sempre tive meu leve e até conquistador olhar para aquela bela moça chamada Poesia; seja aqui, ali ou acolá, ela sempre está pronta para nos convidar! Se você ainda não encontrou os divinos caminhos da boa Poesia, pense, pare e prossiga na meditação transcendental perto ou longe da maresia(...)! Há momentos nesse mundo da ficção, ou não ficção, que são bem compreendidos quando se adota bem a moça Poesia. Dessa forma, portanto, podemos ilustrar um certo período do dia ou da noite — seja com sol, nublado, chuva ou com garoa... ou na noite do luar brilhoso ou mesmo sóbrio em bons ventos no singelo passeio da canoa. A moça Poesia marca presença quando, aqui no Centro-Oeste, consigo visualizar nossa capital Teresina (nublada) no mês de janeiro. Assim, é o suave aspirar no bom perfume; algumas cores naturais ou artificiais marcantes; ou no olfato. Assim, presente numa excitante gastronomia... E quem duvida que a moça Poesia, também, possa marcar presença nos falares ou numa gama de textos escritos, gravados ou criptografados? Nesses ou naqueles trejeitos de variantes linguísticas dessa ou daquela região, há prosas e versos poéticos; há, ainda, bons versos em formas de versos ou até, mesmo, versos inseridos na astronômica prosa do cotidiano! E, assim, a moça Poesia vai conseguindo, naturalmente, mais seguidores ou seguidoras nesse mundo encantado da Literatura.
» Antônio Carlos Sampaio Machado,
Águas Claras

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE