» Sr. Redator

Correio Braziliense
postado em 23/12/2021 00:01

UnB chega aos 60 anos

 Os idealizadores da Universidade de Brasília (UnB) como centro criador e irradiador de inovações e avanços educacionais, Anísio Teixeira e Darcy Ribeiro, se vivos estivessem, se sentiriam recompensados e comemorariam, juntamente com a comunidade acadêmica, o aniversário de 60 anos da UnB, em 2022. Nessas seis décadas, a Universidade atingiu o que foi pensado inicialmente, indo além e ampliando sua atuação geograficamente: estendeu ensino, pesquisa e extensão no interior do DF (Ceilândia, Gama e Planaltina) e na área metropolitana de Brasília (AMB). Com isso, os 50 mil estudantes de graduação e pós poupam tempo ao não se deslocarem diariamente para o câmpus central Darcy Ribeiro. A UnB vai beneficiar ainda mais os estudantes com as atividades submetidas ao slogan "Atuante como sempre, necessária como nunca", indicado em entrevista ao Correio Braziliense pela reitora, professora Márcia Abrahão. Destaca-se a relevância desse propósito, mas, para que tal aconteça, o governo federal deverá aumentar o repasse de recursos para 2022. Com isso, outros projetos poderão ser implementados.

Aldo Paviani,

Lago Sul  

Desrespeito ao consumidor

No Brasil, lei é feita para não ser respeitada! Uma delas é a determinação para o pronto atendimento do SAC das empresas. Com a desculpa da pandemia, algumas empresas (aéreas, seguradoras, bancos etc.), demoram mais de 1 hora para atender o consumidor. Aproveitam da pandemia para diminuir custos e praticar crimes contra o consumidor! Semana passada fiquei 80 minutos na rua tentando acionar o seguro! Pode isso? Algumas criaram o atendimento insuportável virtual por telefone, WhatsApp em que ficamos horas e não conseguimos ser atendidos. Senacon, Prodecon e MP deveriam fiscalizar o cumprimento da legislação e serem bem rigorosos com essas empresas que não respeitam os consumidores. E divulgar seus nomes. Empresa que não respeita o consumidor tem de ser denunciada e de amplo conhecimento dos futuros consumidores! Vamos agir? Cumprir a lei!

Elaine Maria Holanda,

Asa Norte

Eleições na berlinda  

Presidente Bolsonaro, assim como o senhor foi eleito por representar um antagonismo ao estado de coisas protagonizado pelo PT no governo, caia em si e veja o quadro atual de suas administração,  na qual a atuação de poucos ministros, como é o caso de Tarcísio Gomes de Freitas, da Infraestrutura, é insuficiente para garantir a sua reeleição. A rejeição à sua pessoa, infelizmente,  é fenomenal: se continuar insistindo em se reeleger, o senhor será o culpado pelo retorno da esquerda ao poder. Desista dessa empreitada. Lance a candidatura do general Mourão à Presidência da República e se candidate a senador pelo Rio de Janeiro, onde terá uma eleição consagradora, que o fará futuro presidente do Congresso Nacional, comandando o Poder Legislativo. Nós da direita teremos muito mais chance de continuarmos com a Presidência da República tendo como candidato o General Mourão, com uma vice mulher,  do que insistirmos com a sua  candidatura à reeleição. Pense nisso.

Paulo Molina Prates,

Asa Nortes

» Impressionante como tem pessoas sem caráter, sem discernimento. Estou falando de Geraldo Alckmin. Um político que ficou nas costas do PSDB por anos a fio. Candidatou-se à presidência e levou ferro. Agora, sem credibilidade, sem apoio e sem vergonha na cara, alia-se a Lula para tentar (será outro fracasso) um cargo de vice numa eventual chapa do PT. Não, não é louvável que esse senhor desça ao mais baixo degrau da política com o intuito oportunista de uma pequena chance de chegar ao poder. É deplorável, pois já tive nesse fracassado governador de São Paulo o desprazer de votar nele para presidente. A vida dá voltas mesmo. Alckmin já esculhambou, avacalhou, esculachou e diminuiu à sarjeta, o "hômi mais honesto do mundo", ex-presidiário. É aí, que se vê o quanto uma biografia pode ser desmoronada ao juntar-se à vala comum de escândalos de corrupção expostas durante mais de 14 anos de governo petista.  

José Monte Aragão,

Condomínio Alto da Boa Vista

Tags

CONTINUE LENDO SOBRE