» Sr. Redator

Correio Braziliense
postado em 10/04/2022 00:01

Restauração

Leitor assíduo da coluna Visto, lido e ouvido, cujas opiniões considero sensatas, o artigo de 8/4 faz uma síntese da situação atual do país no que se refere às próximas eleições. Afirma "ser uma sucessão de mediocridades". Considera que "sem reformas políticas sérias, que colocassem um fim ao foro privilegiado, aos fundos partidários e eleitorais, às emendas secretas, à infidelidade partidária, bem como ao número excessivo e lesivo de partidos, à possibilidade de prisão em segunda instância, ao modelo de suplência, à reeleição e mesmo à impunidade dos políticos, falar em terceira via, ou numa quarta e quintas vias, não significa nada". Em resumo: é uma senhora restauração!...

Vilmar Oliva de Salles,

Taguatinga

Propina da fé

Os pastores, suspeitos de negociar a liberação de recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) às prefeituras, em troca de propina, participavam de reuniões de trabalho no Ministério da Educação. Mas, segundo o depoimento do presidente do FNDE, Marcelo Lopes da Ponte, à Comissão de Educação do Senado, eles apenas "faziam alguma fala ou oração". Isso é um deboche com a cara dos senadores e da sociedade brasileira. Vários prefeitos foram claríssimos ao dizer que foram achacados pelos religiosos — ou seriam atravessadores do dinheiro público? — em várias ocasiões. Os pastores, pregadores da palavra de Jesus, foram ungidos com as bênçãos do excelentíssimo capitão, presidente da República. Segundo o então ministro Milton Ribeiro, o presidente havia recomendado que ele atendesse os pedidos dos religiosos. Suspeito que os integrantes do atual governo imaginam que todos os brasileiros são idiotas, como mais de 20% da população que ainda acredita que a gestão atual é muito boa. Boa para quem? Só para os amigos do autocrata de plantão que usa a força do cargo e da caneta para evitar que filhos e amigos sejam presos, para abafar a corrupção, com a manipulação da Procuradoria Geral da República e da Polícia Federal em favor dos malfeitores. Enfim, o depoimento de Marcelo da Ponte foi vergonhoso, pontuado pelo cinismo. Que mal faz substituir dízimo por propina da fé e impulsionar a escalada de dizimação da educação no país?

Leonora Lima,

Núcleo Bandeirante

Rio Galeão

A emoção da Stock Car fica mais forte com a volta das corridas ao Rio de Janeiro e, ainda por cima, com um fato histórico: é a primeira vez que uma competição de automobilismo vai rolar em um aeroporto comercial no Brasil. Dá para acreditar? Neste domingo, às 13h20, no Aeroporto do Galeão, essa experiência inédita acontece. E, claro, a gente está aqui na torcida pelo nosso piloto Rubens Barrichello. Stock Car e Rubinho Barrichello é mais uma mistura perfeita e cheia de energia.

José Ribamar Pinheiro Filho,

Asa Norte

Taxa de incêndio

Até quando o Ministério Publico e o Judiciário vão se omitir a cobrança imoral e ilegal da taxa de incêndio? O STF já julgou em 2017 e reafirmou em 2019 a inconstitucionalidade da cobrança da taxa por municípios e estados brasileiros. No entanto, no Estado do Rio de Janeiro e em outros lugares, continuam a ser cobradas. Decisão do STF não é para ser respeitada e cumprida? Por que continuam a cobrar? Da mesma forma o STJ se manifestou pela inconstitucionalidade da cobrança do ICMS nas contas de luz, pois incide sobre outros impostos o que além de imoral é ilegal. Além de extorsão ao cidadão! E por que a cobrança de ICMS sobre os combustíveis é feita da mesma forma? Quando o MP vai agir em defesa da população e deixar de lado o viés político? Por que não se respeitam as leis nesse país? Por que decisões sobre ilegalidade de taxas e impostos não são respeitadas? E o STF vai se deixar desmoralizar?

Élio Dias S. Santos,

Asa Sul

Preocupações

Enquanto a Europa está vivenciando uma guerra fratricida, com um monte de mortes e refugiados atrás de alimentação e segurança, nós, aqui na Terra de Pindorama, estamos preocupados com uma reeleição, com a dificuldade do Vasco e do Cruzeiro de se livrarem da Segundona e de um carnaval fora de época! Será que nós estamos vivendo numa outra galáxia?

Paulo Molina Prates,

Asa Norte

Tags

CONTINUE LENDO SOBRE