Justiça

Líder do governo na Câmara é alvo de operação do Ministério Público

Ricardo Barros é acusado de fraudes na contratação de serviços de eletricidade

Renato Souza
postado em 16/09/2020 10:14 / atualizado em 16/09/2020 10:39
Parlamentar está no sexto mandato na Câmara e hoje é líder do governo na Casa -  (crédito: Matheus Oliveira/Divulgação - 31/10/17)
Parlamentar está no sexto mandato na Câmara e hoje é líder do governo na Casa - (crédito: Matheus Oliveira/Divulgação - 31/10/17)

O deputado Ricardo Barros (PP) é alvo de uma operação do Ministério Público do Paraná que investiga fraudes na contratação de serviços elétricos. Mandados de busca e apreensão foram cumpridos contra ele em Maringá, norte do Paraná, nesta quarta-feira (16/9).

De acordo com as investigações, as fraudes ocorreram em 2019. A Justiça também autorizou o cumprimento de buscas nas cidades paranaenses de Curitiba e Paiçandu, além de São Paulo. Empresários de quatro companhias também estão entre os alvos, e teriam participado das fraudes. As ações são realizadas pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Defesa

Ricardo Barros foi prefeito de Maringá e atualmente ocupa o cargo de líder do governo Bolsonaro na Câmara. Em nota, o parlamentar negou as irregularidades e disse que é alvo de ato político por parte dos investigadores. "Ricardo Barros, relator da lei de abuso de autoridade, repudia o ativismo político do judiciário", afirmou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação