Bolsonaro

Bolsonaro passa por cirurgia na manhã desta sexta-feira no Albert Einstein em SP

O procedimento, considerado simples, ocorrerá por volta das 10h30 na capital paulista. É a sexta intervenção feita pelo presidente após o ataque sofrido na campanha eleitoral de 2018, quando o então candidato levou uma facada

Ingrid Soares
postado em 24/09/2020 20:50 / atualizado em 24/09/2020 21:03
 (crédito: Alan Santos/PR)
(crédito: Alan Santos/PR)

O presidente Jair Bolsonaro se submeterá a cirurgia de retirada de cálculo na bexiga na manhã desta sexta-feira (25/9) no Hospital Albert Einstein em São Paulo. O procedimento ocorrerá por volta das 10h30. Esta é a sexta cirurgia feito pelo presidente após a facada recebida em 2018, no período eleitoral.

O chefe do Executivo já está na cidade. Ele pernoitará em um hotel na capital e seguirá para o hospital no dia seguinte.


A cirurgia é considerada simples. A tendência é de que o procedimento não seja tão invasivo e não haja a necessidade de um corte na bexiga do presidente. A previsão é de que Bolsonaro fique de um a dois dias hospitalizado.


Para extrair a pedra, a equipe médica deve recorrer a uma técnica conhecida como cistolitotripsia. Esse método permite que um cano fino siga através do canal da uretra até chegar à bexiga, onde a pedra será fragmentada com a ajuda de um laser.


A apoiadores, no início do mês, o presidente contou que estava com um cálculo na bexiga, "maior que um grão de feijão". "Esse cálculo aqui é de estimação. Eu tenho há mais de cinco anos, está na bexiga. É maior do que um grão de feijão. Resolvi tirar porque deve estar aí ferindo internamente a bexiga", contou Bolsonaro.

 

Rio de Janeiro

Mais cedo, o presidente desembarcou em Resende, onde participou da formatura matinal da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman). O chefe do Executivo estava sem máscara ao lado do ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) , Augusto Heleno, do ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, e do general Braga Netto, da Casa Civil.

O mandatário chegou na cidade ontem (23), onde visitou durante a noite um quiosque de cachorro-quente e provocou aglomeração de apoiadores. O presidente também chegou ao local sem o item de higiene.


À tarde, Bolsonaro viajou para o Rio de Janeiro, onde participou da cerimônia de inauguração de estruturas e entregas de equipamentos à Superintendência da Polícia Rodoviária Federal.


 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação